Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em mais 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

CALENDÁRIO NACIONAL DE ORAÇÃO - BRASIL - MÊS DE MARÇO DE 2018

É maravilhoso fazer parte de Moms In Prayer International / Mães Unidas em Oração no Brasil e conhecer o extraordinário Programa de Oração Mundial em PGOs - Pequenos Grupos de Oração, que Deus deu a uma mãe: Fern Nichols, em 1984, no Canadá, e que já está em mais de 150 países... 
Um Ministério que durante anos tem sido referência na vida de milhões de mães ao redor do mundo!

Louvamos a Deus por mais um mês de oração pela vida de nossos filhos e escolas...

Agradecemos a vocês Mães Unidas em Oração que enviam seus pedidos e, através deles podemos elaborar o Calendário Nacional de Oração que tem norteado cada mãe no seu momento "A Sós com Deus"!

O Calendário Nacional de Oração conta com a colaboração da irmã Sirlei Mendonça Campos, Líder de PGO - Pequeno Grupo de Oração em Niterói, RJ, Coordenadora de Mães Unidas em Oração no Estado do Rio de Janeiro, RJ e Titular da equipe de treinamento...

No Momento "A SÓS COM DEUS", a Mãe Unida em Oração escolhe a hora mais apropriada, diariamente, e ora de 3 a 7 minutos por um dos filhos (biológico, adotivo ou espiritual), pela escola e pelo pedido do dia que está no Calendário Nacional de Oração, enviado para todas as Mães que pertencem ao Ministério, em PDF. O Calendário não substitui o encontro semanal dos Grupos de Mães Unidas em Oração.

Se a irmã pertence ao Ministério Internacional e não recebeu o seu Calendário Nacional de Oração é só nos enviar um e-mail: contato@maesunidasemoracao.org

Mãe Unida em Oração é apenas instrumento nas mãos de Deus. Quem é digno de toda honra e de toda Glória é o Senhor Jesus Cristo! É Ele quem guerreia "com" e "através" de nós! (Efésios 6: 10-20).

Somos apenas servas!

Se ainda não faz parte...

O primeiro passo para fazer parte do Ministério Moms In Prayer International / Mães Unidas em Oração no Brasil é sentir o toque do Espírito Santo para participar.

Em seguida, faça sua inscrição como Mãe (biológica, adotante ou espiritual) colocando seu(s) filho(s) e a escola adotada em oração na Rede Mundial de Oração.

É só fazer a inscrição para receber todas as informações necessárias através do link:
http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Tão logo encontre outra mãe que também tenha sido tocada pelo Espírito Santo comece seu PGO - Pequeno Grupo de Oração...

Foi assim que começou com Fern Nichols em 1984, no Canadá. Ela levou seu filho para escola e viu que ele estava mudando de comportamento. Começou a orar e pediu a Deus outra mãe que estivesse passando pela mesma situação. Assim começou Moms In Prayer International e, hoje, estamos em 153 países! Mistério Insondável de Deus! 

Lembre-se que Mães Unidas em Oração é um Ministério de mãe com mãe..


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org
www.facebook.com/maesunidasemoracaobrasil
www.instagram.com/maesunidasemoracaobrasil

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)


IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

domingo, 25 de fevereiro de 2018

É TEMPO DE ORAÇÃO


Estamos vivendo tempos difíceis, em nossa nação, na economia, na política, nas igrejas, nas famílias.

Uma das expressões mais usadas hoje em dia, e que por isto mesmo já se tornou um refrão em todas as nossas conversações é:


EU NÃO TENHO TEMPO!

Algumas mães dizem que não tem tempo para orar...
Sim, realmente todas nós estamos ocupadas.
A vida hoje, com suas exigências requer muito de nós.


É um nunca acabar de dar-se...
De fazer...
De realizar...
e empreender...

HÁ TANTA COISA PARA FAZER... , mas não há tempo.

Há angústias reprimidas...
Remorsos...
Sentimentos de culpas pelo que deveria ser feito, mas...

NÃO HOUVE TEMPO!

Ah!... quanta palavra de amor e de apreciação que deveria ter sido dita.
Mas... NÃO HOUVE TEMPO.

A carta que esperava uma resposta...

Mas... NÃO HOUVE TEMPO.

A conversa com o que precisava de compreensão...

Mas... NÃO HOUVE TEMPO.

A visita ao doente, preso e necessitado...

Mas... NÃO HOUVE TEMPO!

Parar para ouvir o desabafo de um coração triste e sofredor...

Mas... NÃO HOUVE TEMPO.

O olhar que identifica e reconhece que você não é apenas mais um na multidão...

NÃO TENHO TEMPO!

Como numa incoerência o sábio de Deus diz:

HÁ TEMPO PARA TUDO!...

Aí está o segredo: - Tudo tem o seu tempo determinado.
E há tempo para tudo debaixo do céu.
Há tempo para fazer tudo!
Só não há tempo para não se fazer nada.
Só não há tempo para ... CRUZAR OS BRAÇOS.


Precisamos gastar o nosso tempo com o que é essencial, com o que faz a diferença, porque aqui somos apenas peregrinas, mais cedo ou mais tarde voltaremos para casa, e é importante que tenhamos vivido a vida abundante que Deus preparou para nós.

Amando a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos, orando umas pelas outras , sorrindo com os que sorriem, chorando com os que choram....

Milhares e milhares de mães separam um hora para buscar a presença do Pai por seus filhos e escolas.

É você? É tempo de oração!

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 

Todo filho precisa de uma mãe que ora. 

Você já orou pelo seu filho hoje? 



www.maesunidasemoracao.org

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.


ORAÇÃO DE CONCORDÂNCIA



1. O que é uma conversação?

Na conversação, conhecemos melhor a outra pessoa. A boa conversação implica em alternância de fala. Se apenas uma pessoa fala, é um monólogo e, não, um diálogo.Numa boa conversação, todos se concentram sobre o mesmo assunto.

2. O que é concordar em oração? 
Oração de concordância é a oração dirigida pelo Espírito Santo. O Espírito Santo dentro de nós, se move em nossos corações, inicia nossos pedidos e nos ensina como orar. Portanto, o foco está em Deus. Não na aprovação ou desaprovação dos outros.

3. Uma oração de concordância se concentra num ó assunto, um só tema de cada vez.
Se determinada mãe começa a orar sobre um assunto específico, as outras mães precisam estar bem concentradas naquele pedido que ela fez. As outras mães precisam “ouvir” o coração dela. Então, quando ela terminar de orar, outras mães poderão se sentir livres para, também, orar sobre o mesmo assunto. Qualquer mãe pode orar mais de uma vez sobre o mesmo assunto, se o Espírito Santo assim a dirigir. Depois que aquele assunto específico tiver sido vencido, o Espírito Santo vai motivar outra mãe a orar por um novo tema.

4. A oração de concordância é breve, honesta e direta ao ponto.
A oração deve feita em poucas frases. 
Lembre-se! Na boa conversação devemos permitir que outras pessoas tenham chance de se expressarem também. Não é necessário obedecer rigidamente a ordem de arrumação do grupo de pessoas que estão orando.

5. Oração de concordância é feita em linguagem coloquial, simples.
Dirija-se ao Senhor com a simplicidade de uma criança conversando com seu pai. Quanto mais natural a oração, mais Deus se fará pessoal para você.

6. Por que orar em conjunto? Deus promete que estará com você.
“Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” (Mt 18.20) (RC)

7. Fardos compartilhados se tornam mais leves.
“Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo.” (Gl 6.2) (RC)

8. Quando há acordo sobre o que pedir a Deus, não há margem para dúvida ou hesitação.
“Ainda vos digo mais que se dois de vós sobre a terra concordarem em pedir alguma coisa, ser-lhes-á feita por meu Pai que está nos céus.” (Mt 18.19) (TB)

9. Quando oramos com outras mães, a confiança mútua se desenvolve e nós nos tornamos mais transparentes em nossas orações
O orar em grupo irá promoverá a mútua edificação na fé.
“Portanto, animem e ajudem uns aos outros, como vocês têm feito até agora.” (I Ts 5.11) (NTLH)

10. Tornamo-nos mais ousadas em nossos pedidos.
“Cheguemo-nos, portanto, com confiança ao trono da graça, para que recebamos misericórdia e achemos graça, a fim de sermos socorridos em tempo oportuno.” (Hb 4.16) (TB)

11. "Estar unida e em em unidade na concordância produzirá um exército forte como uma corda; um exército que não pode ser desfeito, nem dividido em sua determinação de vencer o diabo. Essa mesma unidade construirá um muro que fará frente ao trabalho do diabo.”
“É melhor haver dois do que um, porque duas pessoas trabalhando juntas podem ganhar muito mais. Se uma delas cai, a outra a ajuda a se levantar. Mas, se alguém está sozinho e cai, fica em má situação porque não tem ninguém que o ajude a se levantar. Se faz frio, dois podem dormir juntos e se esquentar; mas um sozinho, como é que vai se esquentar? Dois homens podem resistir a um ataque que derrotaria um deles se estivesse sozinho. Uma corda de três cordões é difícil de arrebentar.” (Ec 4.9-12 (NTLH)

Cremos no poder da oração! A nossa arma é a oração!

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)



IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”

DEZ ELOGIOS QUE SEUS FILHOS PRECISAM OUVIR

Nossos filhos precisam ouvir palavras de afirmação de nós a cada dia. Às vezes, é fácil esquecer que nossos filhos têm as mesmas necessidades profundas e emocionais que nós. Mas quando paramos nossas tarefas para elogiá-los de maneira sincera, isso aumenta a sua autoestima e a qualidade de nosso relacionamento com eles. Se você está querendo ter uma conexão mais profunda com seus filhos, pense em como você pode adaptar um desses 10 elogios especialmente para eles.

1. Adoro ver você jogar/fazer isso

Você cai na armadilha de apenas parabenizar seu filho quando ele é bem-sucedido em alguma coisa? Em vez disso, tente elogiar os seus esforços, seja no campo de futebol, na sala de aula ou ajudando em casa. Ensine a seu filho que é o esforço, mas nem sempre o resultado, que importa. Esse é o caminho mais rápido para construir uma autoestima saudável.

2. Estou tão feliz por você ter escolhido passar um tempo comigo hoje
Se não fizermos esforços para nos aproximar de nossos filhos, eles vão correr na direção oposta. Quando a criança escolhe passar um tempo com o querido e velho pai, elogie seu uso do tempo. Faça com que ela saiba que você aprecia o seu esforço para se aproximar.

3. Você fez um ótimo trabalho fazendo isso sozinho.
Às vezes, as tentativas de independência de nossos filhos não dão muito certo, mas isso não significa que devemos repreendê-los. Toda vez que seu filho tentar ser independente, reconheça e recompense seus esforços.

4. Eu gosto de seus amigos
Conforme nossos filhos ficam mais velhos, vamos perdendo influência na questão amigos. Quando seu filho trouxer para casa amigos que você aprova, diga isso a ele. Apesar das evidências mostrarem o contrário, ele quer sua aprovação. Ele vai ouvir sua opinião sobre seus amigos quando for apresentada de uma forma positiva.

5. Você está muito bonito hoje
Um dos melhores presentes que podemos dar aos nossos filhos é uma maneira saudável de ver a aparência. Quando você elogia uma característica que a criança não pode mudar, como a cor dos olhos ou a composição corporal, isso envia a mensagem de que a beleza é algo que você tem ou não. Em vez disso, elogie o penteado apropriado, a escolha de roupas apropriadas e um sorriso vencedor; todas as coisas que seu filho pode controlar.

6. Obrigada pela sua atitude hoje
Mais cedo ou mais tarde, temos que fazer coisas que não queremos fazer. Deixe para o seu filho a mensagem de que a atitude conta, mesmo quando você se encontra em uma situação ruim.

7. Que legal que você aprendeu isso

A infância e a adolescência têm vários marcos. Não os deixe passar despercebidos. Quando seu filho dominar um conceito matemático difícil ou trouxer para casa uma licença provisória para dirigir, faça o seu entusiasmo corresponder a alegria de seu filho. Compartilhe seus triunfos.

8. Você me inspira
Às vezes, as crianças sentem como se estivessem abaixo de seus pais. Embora os pais mereçam muito respeito, os filhos precisam saber que eles abençoam a sua vida, tanto quanto você abençoa a deles. Diga-lhes o quanto você aprecia sua criatividade e energia e como o exemplo deles influencia você positivamente.

9. Você é um ótimo irmão ou uma ótima irmã

Relacionamentos entre irmãos podem causar alguns dramas, então elogie seus filhos quando eles se esforçarem para fazer as pazes. Quando seu filho não continua com uma discussão, ele merece reconhecimento, tanto para o seu próprio bem quanto para inspirar as outras crianças na casa.

10. Sou tão grata(o) por você ser parte da nossa família

Dias ruins vêm e vão. Os filhos crescem e mudam, mas seu filho precisa sentir-se seguro em seu lugar na família. Conforme ele vai para a escola, ganha independência, e eventualmente sai de casa, ele precisa saber que ele sempre terá um lugar especial em seu coração e na unidade familiar.

(Fonte: Familia.net)

Mães, orem e tomem atitudes diárias que venham fortalecer o seu relacionamento com seus filhos. Não permita que eles se isolem... aproxime-se, aproveite essas dicas.

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos 

Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org




(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”

SERÁ QUE ABANDONEI MEU FILHO?



Viemos de um tempo em que abandonar filhos era deixá-los na maternidade, na porta dos outros, na praça e até na lata de lixo. Mas ao refletirmos sobre o relacionamento entre pais e filhos atualmente verificamos muitas outras formas de abandono.

Antigamente uma das maneiras dos pais disciplinarem seus filhos era os mandando para o quarto a fim de que pensassem em seus atos, permanecem ali "conectados" com as regras num aprendizado quase que forçado do que é certo, errado, quem manda, quem obedece, quem pede desculpas e quem perdoa. Quando o quarto representava nessas ocasiões uma prisão.

Hoje deixá-los no quarto é abrir a porta para a liberdade, é deixá-los conectados com o mundo, com outras regras, com as não regras via TV, telefone, Internet porque os quartos de hoje costumam oferecer muito mais do que a sala. Oferecem a possibilidade de uma outra sala (virtual), quase que uma outra família, onde o bate-papo se faz sem cobranças, sem censuras, sem limitações, com aceitação.

A era da informatização, facilitada pelo mundo moderno, faz com que o abandono tome forma, corpo e força. E é impressionante como isso reflete lá na frente, quando vemos mães com dificuldade em despedir seus filhos para a profissão, para o casamento, enfim, para a vida; querendo resgatar um tempo perdido, um abraço que não foi dado, um cuidado não dispensado.

Enquanto os pais estão "desconectados" diante da TV ligada, sem se ligarem na enorme distância existente entre o mundo deles e de seus filhos, eles (seus filhos) estão encontrando aconchego, conselhos, cumplicidade, fazendo compras, se atualizando, rindo, chorando, brigando, fazendo as pazes, amando, enfim, tendo suas necessidades supridas através do simples toque do teclado. Então, para que o toque, o cheiro, o abraço?

Essa distância ofusca a hierarquia familiar, pois os pais abandonam o lugar de pai, de mãe, de quem educa, de quem repreende, de quem ama. E culpados, quer seja pelo trabalho, estudos, outros compromissos ou até mesmo pela dificuldade de assumir seus papéis de pais, tornam-se cada vez mais permissivos; abrem mão de seus lugares e com isso sugerem aos filhos o abandono do seu lugar de filhos também. Que sem proteção, sem saber o que fazer, o caminho a seguir fazem besteiras, quebram a cara, sofrem, ficam despedaçados, morrem!

Muitos pais não querem ver, mas dentro de casa seus filhos estão agindo como mortos-vivos, sem viço, vigor, alegria. (É só olhar em seus olhos quando chegam em casa ao amanhecer depois de passarem a noite fora. Sabe-se lá onde ou com quem). Refugiam-se no quarto. No lar doce lar! Ou será amargo? Só os pais não vêem. Não querem ver que perderam seus filhos. Perderam ou deixaram ir? Deixaram ir ou abandonaram?

"Estou perdido sem pai nem mãe (...) Estou pedindo só um pouquinho de proteção ao maior abandonado (...)" - trecho de uma música cantada por muitos.

Está na hora dos pais viverem a conversão. A conversão de seus corações aos filhos. "E converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos a seus pais; para que eu não venha, e fira a terra com maldição" (Malaquias 4. 6). Está na hora de encontrar a conversa prazerosa, o jeito de se comunicar nesta era tão louca, tão rápida, tão moderna, sabendo fazer um link entre a sua história e a história de seus filhos, lembrando-se de que telegrama agora é e-mail, que VHS é DVD, que datilografar é digitar, que não é naum, e você é vc, mas que pai é pai, mãe é mãe, e filho é filho em todo tempo, pois nesse tipo de relacionamento não existe "ex" – seu filho nunca deixará de ser seu filho.

Este é o tempo de ficar no portão, como o pai do filho pródigo, abrir os braços, e dizer ao seu filho que está feliz com o retorno dele; se alegrar com a presença dele; amá-lo além das palavras, com atos e em verdade. (Ler João 3.18).

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?




contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)
IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

DA MORTE PARA VIDA!

"Tenho três filhos. Meu filho caçula era um menino dócil, educado, assíduo nos trabalhos da igreja. Fazia parte da equipe de esportes, de louvor. Enfim, um filho que toda mãe gostaria de ter.

Meu esposo foi promovido na empresa e precisamos mudar de cidade. Tivemos que mudar nossas visas... Meu filho caçula, com 16 anos sentiu muito a mudança, principalmente no que se refere a igreja e os colegas. Ele fui cursar o último ano do Ensino Médio em um colégio, totalmente diferente do anterior. Lá, ele fez amizades com colegas errados e começou a mudança drástica em sua.. Foi a destruição de meu filho.

Em pouco tempo começou a usar drogas. Primeiro, veio a maconha e depois se tornou usuário de cocaína. Era uma luta. Tinha vezes que ficava a semana toda sumido... Um calvário!

Fizemos de tudo para ele se recuperar, mas não adiantava... Um dia, ouvi uma irmã falar com fé sobre o Poder da Oração. Do Deus que liberta, que cura, que transforma. Era o Programa REENCONTRO. Quem falava era a irmã Jane Esther.

Fiz minha inscrição online e recebi todas as informações. Pedi a Deus outra mãe e comecei meu grupo de oração, cuja finalidade principal era meu filho...

Durante 1 ano e 15 dias, clamei a Deus pelas vida de meu filho, para que ele fosse resgatado.. Eu orava pelos outros dois filhos, mas o meu caçula precisava urgentemente de libertação.

Meu PGO – Pequeno Grupo de Oração foi crescendo e tivemos que dividir em três...

Não deixava de orar todos os dias, a Sós com Deus, seguindo a orientação do Calendário Nacional de Oração e, uma vez por semana, clamava ao Senhor que libertasse meu filho... Chorava diante do Senhor. Seguia os Quatro Passos Para Oração, diariamente.

Um dia meu filho, muito magro, abatido, olhar perdido, chegou para mim e disse: "Mãe, não quero mais esta vida. Por favor, me ajude...."

Deus entrou com providências... Meu filho foi liberto! Meu filho voltou para nós! Sim, meu filho está livre das garras da destruição! Amém!

Mãe, nem pense em abandonar seu filho! Ele precisa de você!"

Valéria C. M. Soares 

Mãe Unida em Oração, São Paulo, SP

(Testemunho usado com permissão da mãe. 

Os nomes não foram citados a pedido da mãe)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

IMPORTANTE
: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

VOCÊ JÁ BRINCOU COM O SEU FILHO HOJE?

Brincar com o seu filho é importante, reserve uns minutos hoje para estar com o seu filho! 

Experiências positivas com sentimentos agradáveis podem servir de suporte para futuros momentos de conflito, pois ao brincar com o seu filho pode ajudá-lo a resolver problemas, a experimentar novas ideias, a explorar a imaginação. Brincar com adultos estimula a aquisição de vocabulário para que as crianças aprendam a comunicar os seus pensamentos, sentimentos e necessidades.

Deixe-se guiar pelo seu filho

Quando brincar com o seu filho, deixe-se guiar pela imaginação e idéias dele e evite organizar ou estruturar as atividades com ordens ou instruções. O brincar é um espaço de liberdade, não há um brincar certo ou errado. Não tente ensinar-lhe nada, simplesmente observe e acompanhe, imite-o e faça o que lhe pede para fazer. Esta abordagem vai estimular o desenvolvimento das capacidades do seu filho para brincar e pensar de forma independente.

O ritmo da brincadeira deve ser adequado ao seu filho
Quando os filhos pequenos brincam tendem a repetir a mesma atividade vezes sem conta. As brincadeiras repetitivas, como encher e esvaziar uma caixa vezes sem conta, aborrece rapidamente a maior parte das mães e é tentador acelerar o ritmo, propondo uma idéia nova ou outra forma de utilizar o brinquedo. Mas os filhos precisam de ensaiar e praticar uma determinada tarefa para sentirem que a dominam e para se sentirem confiantes. Um ritmo pausado vai contribuir para incrementar a capacidade de atenção do seu filho e incentivá-lo a concentrar-se numa mesma atividade durante um período de tempo.

Adeque as brincadeiras à idade e etapa do desenvolvimento do seu filho


Se quiser fazer um puzzle não escolha esse jogo se o seu filho tiver 3 anos pois ela vai resistir e evitar essa brincadeira porque não a percebe e não é estimulante para ela. Preste atenção aos sinais que seu filho vai dando. Proponha novas brincadeiras ciclicamente e repare se o seu filho já se sente mais motivado para brincar.

Elogie e encoraje as idéias e a criatividade da criança

Evite corrigir o seu filho quando ele está a brincar, uma vez que esse tipo de crítica vai desencorajá-lo de explorar as suas idéias ou experimentar novas formas de usar os brinquedos. Não julgue, corrija ou contradiga o seu filho quando brinca com ele. As brincadeiras das crianças não têm de fazer sentido aos olhos das mães. Elogie as idéias, o raciocínio e o comportamento de seu filho. Reforce as competências dela, como a capacidade de concentração, a persistência, a capacidade de resolução de problemas, criatividade.

Ensine o seu filho a brincar com outras crianças

Brincar com os irmãos ou amigos é uma excelente ocasião para desenvolver algumas competências sociais de seu filho, como saber partilhar, saber esperar, usar à vez, ajudarem-se uns aos outros, agradecer, pedir antes de tirar o brinquedo ao amigo.

Encoraje o seu filho a resolver os problemas sozinho


Por vezes, ao tentar ajudar, as mães acabam por tornam mais difícil que seu filho aprenda a resolver problemas e a brincar autonomamente. Dar ajuda em demasia ou assumir a realização de uma atividade diminui a confiança de seu filho nas suas capacidades e a sua auto-estima, promovendo a dependência dos adultos.

Estimule o desenvolvimento emocional do seu filho através do “faz de conta”

É importante estimular o “faz de conta” (gatinhar no chão a imitar um comboio, por exemplo) porque consolida os mundos imaginários de seu filho, o seu pensamento criativo e narrativo, ajuda-a a gerir as emoções e a partilhar sentimentos, desenvolve competência cognitivas, emocionais, sociais e espirituais. Permita que as caixas e as cadeiras sejam transformadas em casas, em escolas, em palácios e as bonecas em amigos, alunos. A fantasia ajuda seu filho a pensar simbolicamente e a distinguir o que é real e o que não é.

Dê atenção à seu filho enquanto ela brinca


Quando seu filho está sossegado a brincar, a maioria das mães aproveita esse tempo para tratar das suas coisas (fazer o jantar, ler, escrever um email). A verdade é que se seu filho não recebe atenção positiva quando se porta bem, vai fazer os possíveis para atrair a atenção negativa, portando-se mal. Este é o princípio básico na origem de muitos problemas de comportamento. Se der atenção à seu filho enquanto ele brinca, ele sentirá menos necessidade de chamar a atenção e sente-se mais segura.

Você já brincou com o seu filho hoje?
Sigamos em frente com fé, coragem e perseverança!
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos 
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org 

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”

EU SEI EM QUEM TENHO CRIDO!

"Tenho quatro filhos: Guilherme,12 anos; Arthur 15; Rodrigo 17 e Matheus 19. Meu filho Rodrigo era um menino dócil, educado, assíduo nos trabalhos da igreja. Fazia parte da equipe de esportes, de louvor. Enfim, um filho que toda mãe gostaria de ter.

Meu esposo foi promovido na empresa e precisamos mudar de cidade. Tivemos que mudar nossas visas...

Meu filho Rodrigo, com 17 anos sentiu muito a mudança, principalmente no que se refere a igreja e os colegas. Ele fui cursar o último ano do Ensino Médio em um colégio, totalmente diferente do anterior. Lá, ele fez amizades com colegas errados e começou a mudança drástica em sua... Foi a destruição de meu filho.

Em pouco tempo começou a usar drogas. Primeiro, veio a maconha e depois se tornou usuário de cocaína e depois o crack. Era uma luta. Largou escola, igreja... Tinha vezes que ficava a semana toda sumido... Um calvário!

Internamos ele algumas vezes, fizemos de tudo para ele se recuperar, mas não adiantava...

Um dia, ouvi uma irmã falar com fé sobre o Poder da Oração. Do Deus que liberta, que cura, que transforma. Era o Programa REENCONTRO. Quem falava era a irmã Jane Esther.

Fiz minha inscrição online e recebi todas as informações. Pedi a Deus outra mãe e comecei meu grupo de oração, cuja finalidade principal era meu filho...

Durante 1 ano e 15 dias, clamei a Deus pelas vida de meu filho, para que ele fosse resgatado.. Eu também orava pelos outros três filhos, mas o meu filho Rodrigo precisava urgentemente de libertação.

Mesmo passando por um dos piores momentos da minha vida, não deixava que nada interferisse no meu momento de oração a Sós com Deus, todos os dias e também no encontro com as demais mães do meu Pequeno Grupo de Oração que foi crescendo e acabamos tendo que dividir em dois... Com o tempo fui vendo que outras mães também precisavam de libertação de seus filhos.

Eu clamava Senhor que libertasse meu filho... Chorava diante do Senhor. Seguia os Quatro Passos Para Oração, diariamente. Eu sabia que meu filho sairia das drogas.

Um dia meu filho, muito magro, abatido, olhar perdido, chegou para mim e disse: "Mãe, não quero mais esta vida. Por favor, me ajude...."

Foi a primeira vez que ele pediu ajuda de maneira sincera. Ele tomou a decisão de deixar aquela vida e Deus entrou com providências...

Meu filho foi liberto! Meu filho voltou para nós! Sim, meu filho está livre das garras da destruição! Amém!

Mãe, nem pense em abandonar seu filho! Ele precisa de você!"

Teresa C. M. Sant'Ana
Mãe Unida em Oração, São Paulo, SP
(Testemunho usado com permissão da mãe)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos 
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org 

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”

EU TENHO UMA MÃE QUE ORA


Amo esta poesia de Elizabeth George...

Em primeiro lugar, porque eu tenho, verdadeiramente, uma mãe que ora por mim. Minha mãe, Diaconisa Dulce Monteiro de Souza. Também minhas mães espirituais: Sara Couto e Esther Revash, além das milhares de mães que me adotaram como filha espiritual, tanto no Brasil, quanto no exterior e que eu não conheço

Em segundo lugar porque quero me espelhar neste sublime exemplo de ser uma mãe (biológica, adotante ou espiritual) que ora pelos filhos e escolas de uma maneira extraordinária, comprometida com Deus. Tendo intimidade com Ele.

Quem diz que orar é fácil é porque nunca enfrentou batalhas na oração!


Muitas são as batalhas, mas quero citar apenas duas:

A primeira batalha é colocar-se totalmente à disposição de uma conversa franca e sincera com o nosso Criador. 
Isto não é fácil... Temos que ter compromisso com a oração...

Imagine uma dona de casa. Ela tem várias funções ao mesmo tempo: mãe-dona-de-casa-esposa-mulher-profissional-etc...

Existem vários motivos que levam uma mãe-dona-de-casa-esposa-mulher-profissional passar o dia inteiro sem tempo para terminar seus afazeres, muito menos para orar. Sempre tem um motivo, uma justificativa....

A segunda batalha é travada na mente, pois temos que nos esvaziar de todo conceito prévio, decisão prévia e tudo aquilo que nos induza a pedir algo que não esteja nos propósitos de Deus.

Não oramos por provas bem sucedidas, casamento perfeito, profissão de sucesso, dinheiro, etc. Isso será consequência! Oramos para que Deus estabeleça conosco e com nossos filhos uma aliança eterna de amor e fidelidade, isto é, que eles tenham uma experiência pessoal e marcante com o próprio Deus que os faça totalmente dependentes e submissos ao querer d'Ele.

Mães Unidas em oração é assim... Quando o Espírito Santo toca no coração da mãe e, ela assume o compromisso de orar... Sim... Compromisso... Senão o dia passa e... 

Você não parou e separou de 3 a 7 minutos para orar....

Inspire-se você também e seja uma mãe que ora por seus filhos e escolas.

(Jane Esther Monteiro de Souza de Paula Rosa - Coordenadora Nacional de Mães Unidas em Oração)

EU TENHO UMA MÃE QUE ORA

Alguns têm tido reis em sua linhagem,
Aos quais era dada honra.
Não tenho ancestrais dos quais
EU TENHO UMA MÃE QUE ORA.

Eu tenho uma mãe que ora por mim,
E suplica, diariamente, a Deus por mim.
Ah! Que diferença isso faz por mim.
EU TENHO UMA MÃE QUE ORA

Alguns têm sucesso mundano
E confiam na fortuna que fizeram.
Este é o meu recurso mais seguro:
EU TENHO UMA MÃE QUE ORA.

As orações de minha mãe não podem me salvar.
Só podem me ajudar.
Mas mamãe me apresentou a Alguém.
Alguém que nunca poderia falhar.

Oh! Sim...
Eu tenho uma mãe que ORA por mim.
E suplica a Deus, diariamente, por mim.
Oh! Que diferença isso faz para mim!
EU TENHO UMA MÃE QUE ORA !

(Extraído do livro "Uma mulher segundo o coração de Deus")


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.

Todo filho precisa de uma mãe que ora.

Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org 

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html
Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

UMA FRAÇÃO DE SEGUNDOS... UM MILAGRE DE VIDA!

"Com lágrimas em meus olhos, extremamente emocionada e glorificando nosso Deus, que estou aqui escrevendo para vocês.

Peço ao Espírito Santo que ao lerem consigam sentir meus verdadeiros sentimentos. 

Meu nome é Renata, tenho 37 anos, sou veterinária, 
sou mãe e pai e cuido do meu filho Viktor, sozinha (quem passa por esta situação sabe o quanto é difícil e cansativo).

E nossa historia começa... 

Meu filho, o pequeno Viktor é um bebezinho de 11 meses. Muito carismático, sorridente e bonzinho, graças a Deus. Disponho de cuidar dele em tempo integral. Mas mesmo cuidando, observando o tempo todo percebi que nossas vidas e a nossa proteção esta totalmente na dependência e vontade de Deus. 

Mães, não era para estar aqui escrevendo a vocês, nem eu e nem meu bebê. Irei relatar nosso livramento e milagre da vida.

Oh! Deus tu és maravilhoso! Obrigada por mais esta chance! Obrigada por sua proteção e amor.

Quando Viktor tinha 28 dias, sentia que precisava a partir daquele momento interceder mais por ele. Percebia que faltava algo quando orava por ele. Não tinha respaldo, comprometimento, enfim, parecia que minhas orações ainda não estavam abrangendo o que queria, o que necessitava. Foi então que fui procurar como orar pelos nossos filhos de uma forme especial, bíblica. A partir desta necessidade, conheci o Ministério Internacional Mães Unidas em Oração através da internet.

Achei fantástico... Era o que precisava e entrei em contato, recebi todas as informações, fiz minha inscrição online. Desde então iniciei sozinha minhas orações e hoje tenho meu PGO - Pequeno Grupo de Oração aqui em Curitiba, PR.

O que aconteceu... 


Alguns dia atrás eu estava na célula e resolvi trocar meu bebê, pois chorava muito. Era um sobrado e, então subi no segundo andar para trocá-lo.

Quando terminei, estávamos descendo as escadas, quando de repente senti que ia cair e ele estava em meus braços. Eram dois lances de escadas. Naquele momento segurei-o firme e fomos caindo. Tentei protegê-lo ao máximo, mas no último degrau para eu não cair em cima dele, deslizei no chão e ele bateu a cabecinha na outra parede. Eu capotei para o outro lado.

As meninas da células relataram que o barulho da nossa queda foi tanto que todas ficaram completamente abaladas e imaginaram o pior quando foram nos ver.

Vocês não conseguem imaginar tamanha aflição, medo, impotência, desespero que senti quando estávamos caindo. O pior foi quando me levantei e vi meu bebezinho aos prantos gritando e chorando.

No mesmo momento, peguei-o em meus braços e clamei a Deus pela vida dele e para que colocasse novamente as Suas mãos no Viktor impedindo quaisquer dores, sequelas ou susto em sua memória.

Deus cuidou e colocou Suas mãos poderosas para amortecer nossa queda e aos poucos fomos nos recuperando do choque. 


Passamos bem a noite e estamos muito bem, graças a Deus. Viktor está tranqüilo e feliz....

Só tenho que agradecer a Deus por ter me colocado junto com vocês em oração.

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos! Grande verdade, somos testemunhas vivos disto.

Todo filho precisa de uma mãe que ora! Fato, devemos interceder a todo o momento, Satanás não consegue interferir em nossa oração.

Espero que este testemunho edifique você mãe, para que veja a verdadeira necessidade de orar para proteger nossos filhos.

Venha fazer parte desse ministério de oração!

Você já orou pelo seu filho hoje?

Um grande abraço!”




Renata Mikoszewski e Viktor 

(Coordenadora e Líder de PGO – Pequeno Grupo de Oração em Curitiba, PR) 


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos 
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org 

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias) 

IMPORTANTE: 
Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

LEVANTA E TOMA POSSE DA CURA

Em 98 entreguei minha vida para Jesus. Ali eu começava uma nova caminhada. Não foi fácil, pois a porta do mundo é larga. 

Decidi que só iria namorar quando fosse para casar, estava com 20 anos. Em 2000 conheci meu marido, e em 2002 casamos. No início passamos por várias lutas, até quase nos separamos, mas Deus não permitiu, pois sabia que eu iria precisar dele ao meu lado.

O tempo foi passando, e já estávamos cansados de ser só nós dois,então desejamos ter um filho. Eu estava já com 32 anos. Em 2010, no início do ano, fui à ginecologista fazer um check-up completo. Fiz vários exames.

No dia em que fui buscar os resultados dos exames fui encaminhada para uma psicóloga que iria me entregar tudo. Para mim estava tudo bem. Tudo normal. Ela começou a fazer várias perguntas, e foi me sondando... Num determinado momento ela me disse que eu tinha o vírus do HIV. Na hora não acreditei, ri até, imagina “eu”? Na hora o orgulho apareceu e o egoísmo também.

Bem, a realidade era aquela. Os exames estavam dizendo isso. Ela me convenceu e, então eu pensei: “- Foi o meu marido. Pronto, vou morrer logo!” Queria sumir do mundo naquela hora. Passei um ano de angustia e ao mesmo tempo me enfurecia com o inimigo e guerreava contra ele. Foi uma batalha!

Bem, meu marido fez os exames necessários. Em 8 anos de casamento ele não contraiu o vírus de mim. Esse foi um milagre. Decidi me levantar e não me entregar, busquei mais e mais Deus, quando achei que estava tudo bem tive que começar a tomar o coquetel em 2011.

Desmoronei, novamente; já me via em cima de uma cama seca e morrendo. Mas Deus me deu uma palavra em João 11:4 “Esta enfermidade não é para a morte e sim vida, para que Deus me use”. Tomei posse!

Fui fazendo o tratamento por obediência. Eu fazia meus exames de 4 em 4 meses...

Em 2012, no mês de janeiro fui a um retiro espiritual determinada a vir de lá curada, pois eu clamei a Deus para que Ele me curasse!

No mês de maio de 2012, fui fazer meus exames, como sempre, de 4 em 4 meses e, quando a médica abriu disse que o resultado havia dado NEGATIVO para HIV. Glorifiquei a Deus ali mesmo e, vi que Ele é fiel! Ele tinha me curado em janeiro no retiro. Meu Deus atendeu minha súplica, o meu clamor e curou!!!

No Dia das Mães, Deus usou minha irmã para profetizar que Ele estava me dando um presente no meu ventre. Neste culto dei o meu testemunho da cura do vírus HIV... Meses depois recebi outra confirmação de um pastor de fora, ele via um bebê nos nossos braços... Tomamos posse da bênção!

Deus usou este método, esta maneira para fazermos vários concertos em nossas vidas e quando estávamos prontos, no mês de setembro Ele me deu a palavra em Isaías 7 – A vinda do Emanuel. Foi tremendo, comemoramos muito.

Para cumprir a palavra de Deus, eu engravidei, e meu filho veio com este nome, Emanuel!  Fiz todo o acompanhamento do pré-natal e os médicos ficaram admirados com meus exames, pois nem anemia me deu, estava 100%. Foi uma gravidez muito tranquila, nem enjoo eu tive. Quando as coisas são de Deus é completo! Quando Deus faz é completo!

Até hoje não precisamos comprar uma peça de roupa para o Emanuel, ganhamos tudo. Quando ele nasceu fizeram os exames nele também, pois os médicos não acreditavam na minha cura, e todos os três exames que ele teve que fazer deu negativo também! Tudo para a glória de Deus!

Aprendi que devemos ser determinadas. Quando Deus fala: “- Levanta-te e anda”, não duvide! Levanta e toma posse da cura, pois o que Ele fala, Ele cumpre!

Deus ia só me mandando adorá-lo, e continuo fazendo isto até hoje e para sempre! 

Amém!

Meu filho Emanuel é uma bênção. Ele já prega e fala de Jesus para todos com muita ousadia!

Tenho muita alegria de ser Mãe Unidas em Oração. Eu creio no Poder da Oração!

Cassiane Hillesheim Fontoura
Mãe Unida em Oração em Barra Velha, SC 
(Testemunho publicado com permissão da mãe)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org 
(WhastApp: 21 92120548) 

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

QUANDO OS FILHOS ESTÃO NA REDOMA DE ORAÇÃO


“Querida irmã Jane Esther,

Ainda não tive o privilégio de conhecê-la pessoalmente, apenas a vejo no sábado, às 8h da manhã, na TV Brasil, no Programa REENCONTRO.

Moro em Barueri, SP. Sou membro da Igreja Presbiteriana do Brasil, e estou no Ministério de Mães Unidas em Oração um pouco antes de ter o meu filho caçula hoje com quatro anos. Minha filha mais velha tem 10 anos, a do meio, 6 anos. Eu e meu esposo somos médicos e trabalhamos em um grande hospital aqui em São Paulo. 

Participava de outro movimento de oração que eu pensava ser de Moms In Touch/Moms In Prayer International, devido ao livro que tinha lido da Fern Nichols, ”Todo Filho Precisa de Uma Mãe que Ora”, mas, quando ouvi o Programa REENCONTRO entrei no Site Internacional do Ministério de Oração de Moms In Touch / Moms In Prayer preenchi minha inscrição e, posteriormente a irmã entrou em contato comigo dizendo que a Sede do Ministério de Moms In Touch/Moms In Prayer na Califórnia, havia fornecido meu e-mail. Foi então que recebi todas as informações e agora sou Mãe Unida em Oração! Que privilégio! Que bênção!

O Grupo de oração se reúne em minha casa todas as 6ªs feiras, às 19h e tem sido uma bênção. Atualmente estamos em 12 mães de vários segmentos evangélicos. Dividimo-nos em três grupos um grupo na sala, um na copa e o outro na cozinha. 

Como a irmã me orientou, começo com todas, e sempre destaco um dos atributos ou nome ou caráter de Deus e, em seguida nos dividimos para orarmos seguindo os Quatro Passos Para Oração. Deus tem feito uma obra profunda. Devido aos plantões no hospital eu e meu esposo fazemos rodízio para que não prejudique nossas reuniões. Desde que conheci o Ministério, jamais deixei de me reuni. A minha prioridade e de meu esposo são nossos filhos.

Irmã Jane Esther, o relato que passo a fazer agora, recebi da Diretora da Escola onde meus filhos estudam. A irmã pode publicar, gostaria apenas que não divulgasse os nomes, por proteção aos meus filhos e a escola onde eles continuam estudando...

Ano passado, minha filha do meio, com cinco anos, estava na escola. Era uma quinta-feira pela manhã. Na escola trabalhava um rapaz, portador de necessidades especiais. Este rapaz funcionava como um monitor, ajudando na disciplina do pátio. Ele viu quando um professor saiu com uma menininha para os fundos da escola. Na sua inocência o rapaz achou estranha a atitude daquele professor e foi procurar a diretora para falar o que tinha visto. Naquele momento, a diretora estava em reunião com alguns professores. Ele fez sinal para diretora, que queria falar com ela e estava muito nervoso. Imediatamente ela se levantou e foi ver o que ele queria. Ele, então, disse o que tinha visto minutos antes. A diretora se dirigiu aos professores pediu licença por um minuto e foi ao local indicado pelo rapaz. O almoxarifado ficava um pouco distante da sala da diretora. Na hora que ela entrou no almoxarifado, encontrou a menininha sentada em uma mesa, com a saia levantada e o professor abrindo o zíper. Ela quase morreu de susto. Percebeu que estava diante de um professor pedófilo!

Imediatamente, sem alarde ela tomou as providências inerentes aquela situação terrível... Logo após, ela telefonou para mim, que estava no hospital, e pediu para que eu fosse a Escola... Assim que cheguei a diretora me colocou a par de tudo que tinha acontecido... Aquela menininha, irmã Jane Esther era a minha filha, minha filha! 

Comecei a chorar de emoção por sentir o grande amor de Deus para com a minha filha. Por ter preservado a integridade física dela, pelo livramento!

Glórias sejam dadas ao Senhor nosso Deus. Obrigada minhas queridas Mães Unidas em Oração! Nós Cremos no Poder da Oração! A nossa Arma é a Oração! O professor foi afastado e indiciado, enfim os tramites cabíveis. Tudo voltou ao normal.

Tenho clamado a Deus como diz divisa de nosso Ministério: “Derrama o teu coração com água diante do Senhor; levante a Ele as tuas mãos, pela vida de teus filhos”! Nada aconteceu porque os anjos do Senhor estavam cuidando dela. Deus tocou no coração daquele rapaz, tocou no coração da diretora e salvou minha filha daquele pedófilo. Deus seja louvado.

Por último, irmã Jane Esther, minha filhinha não tem noção do livramento de Deus. Perguntei depois a ela, porque ela foi com o professor até a salinha no fundo da escola e ela disse que ele tinha uma caixa de bombom para ela. Este professor era muito querido na escola e ninguém sabe o porquê da atitude dele. Meus filhos continuam estudando na mesma escola, pois o perigo está em todo lugar... Agora a vigilância está redobrada e todo cuidado ainda é pouco. Deus é fiel! Ele livrou minha filha! Aleluia!

Para terminar, quero dizer que meses antes, eu e mais seis Mães Unidas em Oração estivemos conversando com a Diretora da Escola sobre o Ministério de Mães Unidas em Oração, e que a base eram as escolas e que, por meus filhos estudarem ali, aquela escola estava na Rede Mundial de Oração. Ela não permitiu que fizéssemos nada na Escola. Voltamos para casa e eu telefonei para a irmã. A irmã disse que não era “por força, nem por violência, mas pelo Espírito Santo de Deus”. Que nós éramos instrumentos nas mãos de Deus é que, se Deus quisesse Ele iria mover o coração da Diretora. Disse que continuássemos orando, pois, Deus iria fazer uma grande obra ali...

Foi o que aconteceu, irmã Jane Esther. Quem pode esquadrinhar os desígnios de Deus? Quem pode alcançar o que Ele quer fazer?

Hoje, a Diretora abriu as portas da Escola para o Ministério de Mães Unidas em Oração! Deus seja louvado!

Mães, não deixem de colocar seus filhos na Rede Mundial de Oração, pois quando nossos filhos estão na redoma de Oração, o inimigo não tem nenhum poder sobre a vida deles!

Irmã Jane Esther, muito obrigada por todo apoio.”



L. M. T. Almeida
(Mãe Unida em Oração - Barueri, SP)

Setembro de 2012

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje? 


contato@maesunidasemoracao.org 
(WhastApp: 21 92120548)

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

sábado, 17 de fevereiro de 2018

DESFRUTE DE UM MOMENTO A SÓS COM DEUS

Leia Mateus 6.5-6 e reflita.

“Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está em secreto. Então seu Pai, que vê em secreto, o recompensará.” (Mateus 6.6)

O salmista diz que é bom e agradável que os irmãos vivam em união (Sl 133.1). Viver em união também implica orar em conjunto (Mt 18.20). As orações de outras pessoas são vitais e podem nos ajudar a sobreviver, mas para que sintamos realmente a plenitude da presença de Deus em nossa vida, temos de ter um tempo a sós com ele todos os dias. Quanto mais tempo passarmos sozinhas com Deus, mais poderosas nossas orações serão quando orarmos com as outras Mães Unidas em Oração em nossos PGOs - Pequenos Grupos de Oração... Você será uma parceira de oração mais eficiente se não tiver negligenciado seu tempo "A sós com o Senhor".

Precisamos definir o momento do dia que passaremos a sós com Deus. Faça disso um bom hábito. Peça a Deus para ajudá-la a separar o tempo de que você necessita para investir com Ele. Ele lhe mostrará as coisas que podem ser eliminadas da sua agenda ou, pelo menos, aquelas que você pode eliminar a ponto de lhe proporcionar este tempo precioso.

Seu tempo de oração pessoal com Deus é o fundamento para todos os demais tipos de oração eficazes. Isso não quer dizer que você não possa orar com outras pessoas até ter passado um tempo sozinha com Deus. 


Nós já passamos por situações em que os problemas de nossa vida eram tão grandes que éramos sustentadas apenas pelas orações de outros. Mas a fim de prosseguir nas coisas de Deus, temos de estabelecer nosso próprio período de oração pessoal com o Senhor.

Aprenda a ser parceira de Deus. Aprenda a ter intimidade com Deus. Se você é parceira de Deus quando está a sós com Ele, experimentará mais poder em suas orações quando for parceira de outras mães.

ORAÇÃO
"Pai celestial, apresento meu dia e peço-te que me abençoes em todos os caminhos. Organiza meu dia e fica no controle. Ajuda-me principalmente a separar um tempo especial para estar sempre contigo. Sei que para eu orar pelos meus filhos e escolas, preciso, primeiramente estar em intimidade contigo, para interceder pelos outros. Em nome de Jesus, Amém!"


(Jane Esther de Paula Rosa)




Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje?


contato@maesunidasemoracao.org 
(WhastApp: 21 92120548)

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”

NÃO SUBESTIME O PODER DA ORAÇÃO

"Senhor, o dia foi tão agitado, que nem sequer parei para orar.
Agora, o dia já se finda, e estou muito cansada para falar com o Senhor.
O ritmo da vida é muito agitado. Fico tonta só de pensar no amanhã.
Já estou preocupada com o tempo e com todas as coisas que preciso fazer.
Senhor, será que esta loucura um dia vai acabar, ou preciso sempre me esforçar para ficar de pé?
Espero ansiosamente o dia em que verei Jesus face a face, quando Ele abrirá seus braços para me dar um abraço.
Mas, quando Ele fitar profundamente meus olhos cansados, Suas palavras podem me pegar de surpresa:

" - Você tem vivido em ritmo absurdo, sinto dizer-lhe, mas você tem corrido atrás do vento".

"Você vive com pressa e está afobada, mas tudo o que eu quero é ouvir sua oração.
Eu poderia ter colocado você debaixo das minhas asas e lhe dado forças para fazer o que realmente importa".

É fácil descobrir a moral da história....

Jesus não quer o que está sobrando, Ele quer toda a minha vida.

(Diane Elliot - Extraído do Livro "Todo filho precisa de uma mãe que ora/ Fern Nichols)

O Livro: "Todo filho precisa de uma mãe que ora/ Fern Nichols encontra-se disponível em vários sites, com preços variados
  

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org 

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

A ÚLTIMA PALAVRA VEM DE DEUS

"Durante alguns anos em minha igreja, alguns irmãs se reuniam para orar pelos filhos e escolas... Eu mesma, disse que não tinha tempo para isso. Tinha mais o que fazer....

Frequentava a igreja com meu esposo, que era muito consagrado e meus filhos, que faziam parte de todas as atividades pertinentes a cada um deles.

Até que, tive um momento de muita tribulação, quando minha filha de 16 anos, começou a ficar estranha.... Minha filha estava no primeiro ano do ensino médio. Tinha muitos colegas. Era muito boa de relacionamento... Era uma menina feliz!

De repente não queria mais conversar, nem ir para igreja... Por mais que tentássemos, não sabíamos o que fazer. Procuramos ajuda de uma psicóloga que nos disse que esta fase é complicada e que iria passar....

Um dia, para ser mais exata, no dia 2 de julho do ano passado, 2015 minha filha entrou no banheiro e deixou a porta aberta... Depois de algum tempo passei e vi a porta aberta e, me deparei com uma cena terrível ... Ela estava com os braços cortados, todo ensanguentado e desmaiada... Fiquei alucinada de desespero... Não sabia o que fazer!

Era sábado de manhã, e meu esposo correu para ver o que acontecia e meus outros três filhos: Sarah, 12 anos; Guilherme, 13 e Renato 18, também...

Imediatamento, apertamos os cortes e fomos direto para o hospital... Minha filha tinha tentando o suicídio!!! Cortou os pulsos....Estava entre a vida e a morte e, pior, estava grávida! Grávida de um colega da escola, também de 16 anos!

Este foi um dos piores momentos de minha vida, até aquele dia! Não sabia ainda o que viria depois!

O médico nos chamou e disse que ela estava com 3 meses de gestação e com sérios problemas e, que deveríamos buscar ajuda. E assim fizemos...

Tanto eu, como meu esposo, procuramos dar todo carinho, atenção, amor, ajuda para os nossos filhos, mas não era o suficiente para Melissa... Ela era uma menina maravilhosa... Jamais poderia pensar em tal situação!

Até então, ainda não tinha me tocado da imensa responsabilidade de orar pelos filhos, mesmo pertencendo a Igreja do Evangelho Quadrangular... Tínhamos oração mas, não entendia o verdadeiro sentido de ter intimidade com Deus!

Estive visitando meus familiares no Rio de Janeiro e fui convidada para ir em um Chá na Sociedade Bíblica do Brasil, Rio de Janeiro, e lá ouvi uma pastora falar das Mães Unidas em Oração. Voltei para São Paulo.

A gravidez de minha filha estava ficando complicada... Pressão alta, arritmia cardíaca e outros problemas... Gravidez de alto risco...

Não ia mais a igreja... Ficava cuidando dela... Não queria saber de mais nada, apenas que ela desse a luz e tudo ficasse bem... Algumas irmãs me visitavam, mas não queria entregar minha filha nas mães de Deus. Achava que eu era a única solução de cuidado para ela...

No início de janeiro, após dar a luz a uma linda menina, minha filha não resistiu e veio a falecer...

Meu oxigênio faltou... Fiquei desesperada.....

Depois de muitas lágrimas, hoje temos a pequena Alice, para cuidar. Ela é apenas um bebezinho...

Os pais do menino que a engravidou, mudaram para outro estado... Não deram nenhuma atenção! Rejeitaram a pequena Alice.

Depois de toda tragédia, tive uma mudança radical em minha vida e de minha família. O Espírito Santo, consolador, tomou posse de mim, e, me mostrou que Deus é soberano em todas as coisas... O apóstolo Paulo diz: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações”. Deus não permite que experimentemos algo além do que podemos suportar... E em todas as coisas Ele tem um propósito..

Lembrei da palavra que ouvi no Chá... "Todo Filho Precisa de uma Mãe Que ora! Eu não orava pelos meus filhos, eu era um fracasso como cristã!

Passado um tempo de luto, entrei em contato, através da internet e hoje faço parte de Moms In Prayer... Tenho meu PGO - Pequeno Grupo de Oração, que se reúne em minha casa. Tenho três filhos e uma netinha para cuidar, com sabedoria, e discernimento do Senhor..."


Eu sei que a última palavra vem do meu Deus!

(Letícia Almeida Villarin Costa - Mãe Unida em Oração, São Paulo, SP)


Todas nós estamos sujeitas à perdas e por mais que saibamos que a vida um dia chegará ao fim, enfrentar esse momento traz uma dor muito forte dentro de nossos corações. Afinal, não existe idade para morrer. A morte pode acontecer subitamente; pode vir como uma amiga que alivia as dores e até mesmo como um refrigério para quem sabe para onde está indo. Mas a grande verdade é que sempre haverá um sentimento de vazio no coração dos que perdem alguém, pois aquele que partiu, não voltará mais.

O luto pode tomar conta da vida de uma pessoa não somente através da morte, mas pode ser caracterizado como a perda de algo muito importante, como um amigo, a separação familiar, a saída dos pais da casa… Sempre que algo é tirado da vida de uma pessoa, esse sentimento pode acontecer.

Agora, como agir quando passamos por esses momentos? Como devemos nos sentir quando isso acontece? Muitas pessoas se negam a passar por esse sentimento que o luto traz; mas negar o luto trará um vazio e uma dor que incomodará profundamente e por muito mais tempo. Sentimentos de culpa, raiva, solidão, medo e dúvidas, certamente surgirão, mas uma coisa é certa: Deus está com você em toda e qualquer situação, e Ele pode usar o momento de dor para que mais pessoas sejam abençoadas.

A grande verdade é que o Senhor pode usar um momento de dor como ferramenta de bênção na vida de pessoas que chegarão perto de você.

Não perca a oportunidade de ser bênção na vida de pessoas que estão passando por uma perda. Coloque-se nas mãos do Senhor e testemunhe do amor de Deus, pois certamente isso trará ao seu coração um propósito maior para o momento que você vive.


Aguardamos você!


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 

Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje?

Site Internacional: momsinprayer.org 
www.maesunidasemoracao.org 
contato@maesunidasemoracao.org 

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.