Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em quase 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

PAIS - QUE ATITUDE TOMAR FRENTE ÀS DROGAS


“Os pais podem e devem evitar o uso de drogas em seus filhos. Eles podem ter o apoio e ajuda de profissionais, mas são eles os melhores agentes de mudança. Cabe a eles proteger seus filhos e guia-los no caminho do sucesso e da realização pessoal.” (com base nos estudos do National Institute of Drug Abuse)

– Devemos mostrar que estamos furiosos com ele? Não, furiosos não. Preocupados, dispostos a tudo para impedir o uso da droga, sim.

É natural que você, MÃES se sinta desiludida, frustrada e com medo do futuro do seu filho. Neste momento, ajuda um pouco se você conseguir ser:

• Compreensiva: diga coisas do tipo:

“Filho, sei que a tentação para usar a droga é grande neste momento, que há muita pressão de amigos que usam drogas para que você as use também” ou “Se que você, no fundo, também está preocupado com o uso da droga” ou “Sei que você nunca imaginou que estaria nesta situação. Às vezes, é difícil dizer não aos colegas”.

• Firme:

“Amo você, você é muito importante para mim e, por isto, não posso de modo algum permitir que você se destrua. Além disto, o uso de drogas é ilegal. Nunca vou querer que você faça algo fora da lei”.

• Amiga:

Reassegure seu filho dizendo: “Quero e vou ajuda-lo a parar com a droga”. “Você não está sozinho, conte comigo, mas lembre-se, sou sua amiga e sou também inimigo das drogas”. (Esses comentários visam mostrar ao jovem que você o apoia, pois sabemos que só mostrar intelectualmente os efeitos maléficos do uso de drogas não surte efeito).

• Ativa:

Após tornar clara a proibição do uso de drogas, verifique se sua conversa franca e direta teve efeito. Verifique se na família tem alguém que esteja dando mal exemplo através do uso excessivo de álcool, etc. Verifique, também, se está dando ao seu filho toda a atenção que ele merece e necessita. Ataque a droga, não o seu filho.

• Os pais podem ajudar no controle das drogas?


Os pais, muitas vezes, não sabem toda a força e o poder que têm no destino de seus filhos. Eles podem sim, com certeza, ajudar na prevenção e no controle do uso de drogas de seus filhos.

• Como posso ajudar na prevenção do uso de drogas de meus filhos?

Na prevenção, várias atitudes dos pais ajudam, tais como: dar amor, carinho, informações adequadas, conversar bastante com os filhos, valorizar o modo deles serem, guiar na busca de ideais, ajuda-los a ter objetivos e metas de vida, ensinar a eles a se auto-valorizarem. Também devem ensinar que há sempre uma solução para os problemas e que há esperança para o futuro. Tudo isto ajuda, sem se esquecer que é importante ensinar a resistir à pressão do grupo, para que o jovem saiba dizer NÃO quando necessário. Tudo o que você puder fazer para criar seu filho mais saudável emocionalmente, ajudará a evitar o uso de drogas.

Mas, compreenda que por mais que você faça tudo certo, às vezes a má influência de amigos pode levar ao uso das drogas.

• O que devo dizer se desconfiar que meu filho está usando drogas?


Não hesite. De modo direto e franco, revele sua preocupação. Esclareça o porquê dela. Fale dos efeitos nocivos da droga na saúde física, mental e emocional da pessoa, principalmente de alguém que ainda está em desenvolvimento. Mencione os efeitos sociais do uso de drogas. Torne claro que não aceita que ele use drogas e que você não permitirá que ele continue.

Não o diminua por causa do uso de drogas. Ele precisa de sua certeza, de seu apoio e de seus limites.

Se sua conversa com ele não foi suficiente para parar com o uso de drogas, você terá que usar a disciplina para protege-lo. Estabeleça, de imediato, normas de conduta que reduzam o acesso às drogas. Estabeleça horários, locais em que possa ou não freqüentar, amigos com quem possa ou não sair. Estabeleça penalidades para as infrações, use limites, use a idéia de amor exigente. Nesta fase, torna-se muitas vezes necessário usar fiscalização e severidade.


LEMBRE-SE:

SÓ IMPONHA NORMAS QUE ESTEJA DISPOSTO A FAZER CUMPRIR.

Sua ação firme, sistemática e amorosa deverá surtir efeito, porém se o uso de drogas continuar, procure ajuda profissional. Muitas vezes, as batalhas são grandes demais para se lutar sozinho. Tenha esperança e não desanime. Ame, mas exija.

(Marilda E. N. Lipp - Instituto de Psicologia e Controle do Stress)


Além de todas estas orientações, sabemos que NADA, absolutamente NADA, resiste ao poder da Oração de uma mãe. Ore e confie!
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos!
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário