Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em quase 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

FELIZ NATAL E ABENÇOADO ANO NOVO!



Em nome do Ministério Internacional de Oração de Mães em Contato no Brasil / Mães em Oração (Moms In Prayer), queremos desejar a todas vocês e, também a todas as demais mães nos 140 países, um Feliz Natal e abençoadíssimo Ano Novo! Deus seja Louvado!


"A FÉ vê o invisível. A FÉ crê no incrível!. A FÉ recebe o impossível!

Cremos no Poder da Oração! A Nossa Arma é a Oração!

Mães em Oração... Filhos Protegidos! 
Por que? Todo Filho Precisa de Uma Mãe que Ora.

Você Já Orou pelo seu filho hoje!
Jane Esther

sábado, 8 de dezembro de 2012

O NATAL E A GLÓRIA DE DEUS!


Os anjos que apareceram aos pastores quando estes guardavam seus rebanhos no campo, na noite em que Jesus nasceu, cantaram esta canção: “Glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens.” (Lucas 2.14)

Nesse cântico há uma tríplice conclamação dos anjos: conclamação à glorificação do nome de Deus; conclamação à paz na terra e conclamação ao reconhecimento da boa vontade de Deus para com os homens.

Esses três elementos formam, por assim dizer, o núcleo do Natal. O caráter moral, espiritual e existencial do Natal se expressa nestes três modos: na glorificação a Deus, na promoção da paz e na divulgação da boa vontade de Deus para com os homens.

Que quiseram dizer os anjos quando cantaram “glória a Deus nas alturas”? Eles conclamavam seus companheiros, outros anjos, que povoam o céu, lugar onde Deus habita de modo objetivo e pessoal, com os anjos e com as almas daqueles que, tornando-se seus filhos, já deixaram este mundo, ou seja, o lugar-sede do Governo de Deus.

O nascimento de Jesus, a encarnação do verbo, Deus tornando-se humano para dar a vida pelos homens e salvá-los da condenação do pecado e da morte, para redimir pessoas e para formar seu povo, isso é motivo para que Deus seja glorificado no céu.    

Toda a obra viva de Deus, todos os seus anjos, o acompanham em seus feitos, desde a criação do mundo; e os anjos têm sido os seus mensageiros e agentes de suas intervenções no mundo terreno. Os anjos vieram aqui muitas vezes, trazendo mensagens de Deus e cumprindo missões. Eles sabem que Deus está desenvolvendo, no mundo, seu plano de redenção do homem. Eles participam dessa realização.

Então, na culminância da história, na plenitude dos tempos, o grande milagre aconteceu: “O Verbo se fez carne e habitou entre nós” (João 1.14). Este é o grande motivo da glorificação de Deus: a vinda do Cristo para consumar o plano de redenção. O Messias já estava na terra. Um menino frágil, sim, mas iria crescer, tornar-se homem, vivendo sem pecado, realizaria os milagres que o identificariam como o Filho de Deus, e finalmente daria a própria vida, na cruz do Calvário, pelos pecadores, para, o terceiro dia, derrotando a morte e confirmando ser o Filho de Deus, ressuscitar gloriosamente. A chegada de Jesus ao mundo foi, realmente, motivo para regozijo dos anjos, e para que Deus, nas alturas, fosse glorificado.

Natal é um dia que deve levar-nos a refletirmos sobre a necessidade de arrependimento e aceitação da dádiva de Deus, que é Jesus, submetendo-nos ao seu Senhorio.

Ao comemorarmos o Natal, juntemo-nos aos anjos, em seu júbilo e na glorificação a Deus, dando a Ele, INDIVIDUALMENTE, a NOSSA ETERNA GRATIDÃO:
Por tudo o que Tens feito, por tudo o que Vais fazer. 
Por Tuas promessas e tudo o que És.
Eu quero Te agradecer com todo o meu ser.
Te agradeço, meu Senhor! (2 x)
Te agradeço por me libertar e salvar.
Por ter morrido em meu lugar, Te agradeço.
Jesus, te agradeço, eu Te agradeço, Te agradeço.!

Com FÉ – CORAGEM – PERSEVERANÇA, servindo a Ele, juntas, 

Jane Esther