Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração

Ministério Internacional de Mães Unidas em Oração
O Ministério Moms In Prayer International, anteriormente conhecido como Moms In Touch / Mães em Contato, chama-se, atualmente, Mães Unidas em Oração no Brasil. Começou em 1984, em Bristish Columbia, Canadá com Fern Nichols. Atualmente o Ministério está em mais 150 países. É um ministério de oração em favor dos nossos filhos (biológicos, adotivos e espirituais), os colegas deles, suas escolas, professores e diretores para que sejam guiados por altos valores bíblicos e morais e, assim, cobrir todas as escolas do mundo com uma rede de proteção espiritual através da oração. A base do Ministério são as escolas de nossos filhos. (Educação Infantil até a Universidade)

segunda-feira, 16 de abril de 2018

ORANDO POR SEUS FILHOS - UMA ARMA PODEROSA



Deus nos deu filhos e colocou-os sob a nossa responsabilidade e autoridade espiritual. Não é fácil cuidar desses filhos, muitos dias são bem difíceis, mas para os pais justos não existem palavras que expressem a gratidão e o amor que sentem por essa dádiva e oportunidade.

Porém, Ele não nos deixou sós. Para nos ajudar nessa responsabilidade, deu-nos também a obrigação e o privilégio de orar a Ele em favor deles.

"Levanta-te, clama de noite no princípio das vigias; derrama o teu coração como águas diante da presença do Senhor; levanta a ele as tuas mãos, pela vida de teus filhinhos, que desfalecem de fome à entrada de todas as ruas." (Lamentações 2:19)

Assim como existem pais que se alegram e são gratos por seus filhos, há também aqueles que sofrem e choram por aqueles filhos que estão em caminhos de trevas ou fizeram escolhas erradas, que não aceitam a orientação e conselhos dos pais, que não se relacionam bem com eles, que estão confusos e perdidos, que estão doentes.

Tenho duas lindas filhas, sei quantas são as preocupações dos pais por seus filhos, razão ou motivo para orar não faltam. Não existe fórmula mágica, mas sei também que a oração é uma arma poderosa e devemos fazer uso dela sempre.

Os pais que oram por seus filhos, edificarão a fé e o caráter na próxima geração, uma oração por vez. Ela é uma âncora, uma fonte de força e orientação tanto para os pais na direção e orientação dos filhos quanto aos filhos, para aceitar a ajuda dos pais, obedecer-lhes, buscar orientação de Deus e ter uma vida mais plena e feliz. Assim tem sido na minha vida.

A cada dia precisamos ficar atentos a todos os aspectos para que os nossos filhos não sejam destruídos, mas que sejam abençoados. Precisamos amar, compreender, ensinar e educar nossos filhos o melhor que pudermos, para isso precisamos de orientação, por isso devemos orar.

1. Por sua proteção

Para que o Senhor guarde a mente e o coração dos filhos da influência dos amigos, da mídia, dos males e perigos do mundo. Que os guarde e os preserve em seus caminhos, no trabalho e estudo, em suas atividades e afazeres diários. Que sejam protegidos daqueles que querem seu mal. Que os guie no namoro e nos seus relacionamentos.

"Eu porém vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e perseguem;" (Mateus 6:44)

2. Por seu bem-estar espiritual

Que tenham um coração íntegro, obediente e a fé para aprender e guardar os mandamentos de Deus, fazendo tudo para edificar um testemunho firme dos bons ensinamentos encontrados nas escrituras e torná-los parte de sua vida, para permanecerem firmes nos caminhos de Deus fazendo o bem, amando, ajudando e servindo a todos ao seu redor.

"E a (...), meu filho, dá um coração perfeito, para guardar os teus mandamentos, os teus testemunhos, e os teus estatutos; e para fazer tudo, (...)." (I Crônicas 29: 19)

3. Pela santificação

Que cresçam de graça em graça, confiem no Senhor e sejam purificados e limpos do pecado e de tudo o que for errado e mal. Que tenham um coração livre de más intenções, vençam as tentações e dificuldades deste mundo, que tenham inspiração, luz e discernimento para escolher e agir corretamente em tudo, e para mudar quando for preciso.

"(...), chamava Jó a seus filhos e os santificava; levantava-se de madrugada e oferecia holocaustos segundo o número de todos eles, pois dizia: Talvez tenham pecado os meus filhos e blasfemado contra Deus em seu coração. Assim o fazia Jó continuamente." (Jó 1:5)

4. Quando estiverem doentes

Que sejam protegidos ou curados dos vícios, dos problemas e males que os aflige, das doenças que os enfraquecem e destroem, que sejam fortalecidos e tenham inteligência e vigor para que vivam mais plenamente e cumpram tudo o que lhes for requerido.

"E insistentemente lhe suplicou: Minha filhinha está à morte; vem, impõe as mãos sobre ela, para que seja salva, e viverá." (Marcos 5:23)

5. Sempre

Que vençam todos os desafios e dificuldades que a vida lhes impor e saiam vitoriosos. Que as suas decisões sejam no Senhor, que tenham sucesso em tudo o que fizerem para abençoar as pessoas, que suas necessidades sejam supridas, que alcancem sucesso no estudo e trabalho, que confiem no Senhor e o busquem sempre em tudo o que tiverem de fazer.

"Orai sem cessar." (I Tessalonicenses 5:17)

Será que nossos filhos sentem a força das nossas orações ao Pai por suas necessidades e anseios específicos? Se nossos filhos, a quem amamos e servimos, não ouvem ou não sentem a influência santificadora de nossas sinceras orações em favor deles, precisamos mudar.

A oração por nossos filhos se torna mais significativa quando expressamos gratidão, temos a real intenção de fazer a vontade de Deus e um coração sincero. Deus ouve e responde a toda oração sincera, a resposta é real, e nossos filhos precisam disso.

A educação que damos aos filhos é fundamental, "Instrui o menino no caminho que deve andar". É dos pais a responsabilidade de ensinar os filhos a orar, a buscar mais orientação para sua vida. Ensinar pelo exemplo através das orações no lar.

Só assim veremos o Senhor honrando a Sua palavra: "Quando velhos não se desviarão (...)".

Não precisamos estar só ao orientar e cuidar de nossos filhos. A oração abrirá as portas que precisam, removerá as barreiras de suas vidas, aliviará as pressões, trará orientação, paz e consolo nas épocas de estresse e dificuldades.

Ore por seus filhos. Agindo segundo a orientação do Senhor, certamente eles estarão bem e protegidos.

"Clama a Mim, e responder-te-ei, anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes." (Jeremias 33:3)
(Sônia Penha)


"Nada, ABSOLUTAMENTE nada resiste ao Poder da Oração!" (Jane Esther de Paula Rosa)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”

segunda-feira, 2 de abril de 2018

RAZÕES PARA CONFIAR QUE DEUS IRÁ NOS SOCORRER


Todas nós passamos por momentos difíceis, por problemas, situações desagradáveis e coisas que tiram a nossa paz.  Dependendo do momento, buscamos socorro que possa nos trazer alívio, paz e vitória em diversos lugares, mas não encontramos, não somos bem sucedidas, pois o nosso socorro verdadeiro, o socorro eficaz está em Deus. 

Vejamos algumas razões para crer que Deus nos socorrerá, no Salmo 121:

Razão 1 – O meu socorro está em Deus. “Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro?” (Sl 121:1). Os “montes” citados nesse texto era o local onde ficava o templo que, naquela época, representava àquele povo a presença viva de Deus no meio deles. O salmista buscava encontrar a presença de Deus, pois sabia que o seu socorro estava em Deus.

Razão 2 – O socorro de Deus é certo. “O meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra.” (Sl 121:2). Não há qualquer dúvida de que Deus viria socorrer o salmista. O salmista poderia ter dito: “o meu socorro, eu acho que vem do Senhor”, ou: “o meu socorro talvez venha do Senhor”; mas ele foi enfático e creu em Deus: “O meu socorro vem do Senhor”.

Razão 3
 – Deus é soberano sobre todas as coisas. “Ele não permitirá que os teus pés vacilem…” (Sl 121:3). Tudo está debaixo da permissão de Deus. Nada pode acontecer sem a permissão Dele. Todos os nossos problemas estão sob Sua autoridade. Se cremos, descansamos e encontramos paz.

Razão 4 – Deus está alerta ao que acontece em minha vida. “É certo que não dormita, nem dorme o guarda de Israel.” (Sl 121:4). Não há perigo de Deus se esquecer de nóa, pois Ele não cochila, nem dorme; está sempre alerta, é onisciente, onipresente, onipotente. É um guarda perfeito, que vigia a todo instante os Seus tesouros!

Razão 5 – Deus está próximo de mim. “O SENHOR é a tua sombra à tua direita.” (Sl 121:5). Deus nos acompanha, não nos deixa, não nos desampará. A minha sombra nunca desgruda de mim, assim Deus também não. Ele está totalmente próximo, participando da minha vida de perto, inclusive quando passo por dificuldades.

Razão 6 
– Deus está me conduzindo em todos os momentos. “De dia não te molestará o sol, nem de noite, a lua.” (Sl 121:6). O Senhor sempre me socorrerá nas intempéries da vida.

Razão 7 – O Senhor me protege. “O SENHOR te guardará de todo mal; guardará a tua alma.” (Sl 12:7). Deus nos esconde debaixo de Sua proteção. Passamos pelas dificuldades, mas somos guardadas pelo cuidadoso Pai, assim como o pássaro guarda os seus filhotes no ninho salvos do perigo.

Razão 8 – O cuidado de Deus é em todos os lugares e momentos. “O SENHOR guardará a tua saída e a tua entrada, desde agora e para sempre.” (Sl 121:8). Os meus passos, os passos de meus filhos estão debaixo da supervisão e cuidados de Deus.

O que temer? Deus está sempre pronto a nos socorrer!

Confiemos plenamente no poder de Deus! Ele pode todas as coisas....

(Texto adaptado: https://www.esbocandoideias.com/2011/07/8-razoes-para-confiar-que-deus-te.html)


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org 

www.maesunidasemoracao.org 
contato@maesunidasemoracao.org 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

sábado, 31 de março de 2018

CALENDÁRIO NACIONAL DE ORAÇÃO - BRASIL - MÊS DE ABRIL DE 2018

É maravilhoso fazer parte de Moms In Prayer International / Mães Unidas em Oração no Brasil e conhecer o extraordinário Programa de Oração Mundial em PGOs - Pequenos Grupos de Oração, que Deus deu a uma mãe: Fern Nichols, em 1984, no Canadá, e que já está em mais de 150 países... 
Um Ministério que durante anos tem sido referência na vida de milhões de mães ao redor do mundo!

Louvamos a Deus por mais um mês de oração pela vida de nossos filhos e escolas...

Agradecemos a vocês Mães Unidas em Oração que enviam seus pedidos e, através deles podemos elaborar o Calendário Nacional de Oração que tem norteado cada mãe no seu momento "A Sós com Deus"!


No Momento "A SÓS COM DEUS", a Mãe Unida em Oração escolhe a hora mais apropriada, diariamente, e ora de 3 a 7 minutos por um dos filhos (biológico, adotivo ou espiritual), pela escola e pelo pedido do dia que está no Calendário Nacional de Oração, enviado para todas as Mães que pertencem ao Ministério, em PDF. O Calendário não substitui o encontro semanal dos Grupos de Mães Unidas em Oração.

Se a irmã pertence ao Ministério Internacional e não recebeu o seu Calendário Nacional de Oração é só nos enviar um e-mail: contato@maesunidasemoracao.org

Mãe Unida em Oração é apenas instrumento nas mãos de Deus. Quem é digno de toda honra e de toda Glória é o Senhor Jesus Cristo! É Ele quem guerreia "com" e "através" de nós! (Efésios 6: 10-20).

Somos apenas servas!

Se ainda não faz parte...

O primeiro passo para fazer parte do Ministério Moms In Prayer International / Mães Unidas em Oração no Brasil é sentir o toque do Espírito Santo para participar.

Em seguida, faça sua inscrição como Mãe (biológica, adotante ou espiritual) colocando seu(s) filho(s) e a escola adotada em oração na Rede Mundial de Oração.

É só fazer a inscrição para receber todas as informações necessárias através do link:
http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Tão logo encontre outra mãe que também tenha sido tocada pelo Espírito Santo comece seu PGO - Pequeno Grupo de Oração...

Foi assim que começou com Fern Nichols em 1984, no Canadá. Ela levou seu filho para escola e viu que ele estava mudando de comportamento. Começou a orar e pediu a Deus outra mãe que estivesse passando pela mesma situação. Assim começou Moms In Prayer International e, hoje, estamos em 153 países! Mistério Insondável de Deus! 


Lembre-se que Mães Unidas em Oração é um Ministério de mãe com mãe..


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org
www.facebook.com/maesunidasemoracaobrasil
www.instagram.com/maesunidasemoracaobrasil

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

segunda-feira, 26 de março de 2018

ORAÇÃO POR MINHA FILHA....

"Portanto, sejam imitadores de Deus, como filhos amados, e vivam em amor, como também Cristo nos amou e se entregou por nós como oferta e sacrifício de aroma agradável a Deus. Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual nem de qualquer espécie de impureza nem de cobiça; pois estas coisas não são próprias para os santos. Não haja obscenidade nem conversas tolas nem gracejos imorais, que são inconvenientes, mas, ao invés disso, ação de graças". (Ef. 5:1-4)

"Querido Senhor, que santificas, peço que minha filha seja imitadora de ti. Que nenhuma obscenidade, nenhuma conversa tola ou brincadeira grosseira saia de sua boca e que, em lugar disso ela agradeça. Protege sua mente contra a linguagem ímpia, cheia de blasfêmias e imprecações que ela ouve na escola, no trabalho, na televisão e em outras mídias. Que ela não participe das brincadeiras sujas, dos insultos sexuais ou das intrigas torpes que feririam os sentimentos ou prejudicariam a reputação de outras pessoas. Ajuda-a a compreender que uma linguagem chula, insultuosa, nunca é aceitável. Que ela possa desejar que as palavras de sua boca e as meditações de seu coração sejam aceitáveis para ti. Em lugar de praguejar, que as bênçãos de agradecimento saiam por sua boca. Em nome de Jesus, amém".


(Fern Nichols - Orações Poderosas para mães)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

Visite nossa página no Instagram: 




Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

www.momsinprayer.org 
www.maesunidasemoracao.org 
contato@maesunidasemoracao.org 
www.facebook.com/maesunidasemoracaobrasil 
www.instagram.com/maesunidasemoracaobrasil 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html
Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

NUNCA TIVEMOS UMA GERAÇÃO TÃO TRISTE!

Augusto Cury, o famoso psiquiatra que tem livros publicados em mais de 70 países e dá palestras para multidões no Brasil e lá fora, lançou recentemente uma versão para crianças e adolescentes do seu best-seller Ansiedade - Como Enfrentar o Mal do Século. O autor deu uma entrevista para o site: https://mdemulher.abril.com.br/ sobre os desafios de se criar os filhos hoje e não poupou críticas à maneira como a família e a escola têm educado os pequenos. Confira!

Excesso de estímulos


"Estamos assistindo ao assassinato coletivo da infância das crianças e da juventude dos adolescentes no mundo todo. Nós alteramos o ritmo de construção dos pensamentos por meio do excesso de estímulos, sejam presentes a todo momento, seja acesso ilimitado a smartphones, redes sociais, jogos de videogame ou excesso de TV. Eles estão perdendo as habilidades sócio-emocionais mais importantes: se colocar no lugar do outro, pensar antes de agir, expor e não impor as ideias, aprender a arte de agradecer. É preciso ensiná-los a proteger a emoção para que fiquem livres de transtornos psíquicos. Eles necessitam gerenciar os pensamentos para prevenir a ansiedade. Ter consciência crítica e desenvolver a concentração. Aprender a não agir pela reação, no esquema 'bateu, levou', e a desenvolver altruísmo e generosidade."

Geração triste


"Nunca tivemos uma geração tão triste, tão depressiva. Precisamos ensinar nossas crianças a fazerem pausas e contemplar o belo. Essa geração precisa de muito para sentir prazer: viciamos nossos filhos e alunos a receber muitos estímulos para sentir migalhas de prazer. O resultado: são intolerantes e superficiais. O índice de suicídio tem aumentado. A família precisa se lembrar de que o consumo não faz ninguém feliz. Suplico aos pais: os adolescentes precisam ser estimulados a se aventurar, a ter contato com a natureza, se encantar com astronomia, com os estímulos lentos, estáveis e profundos da natureza que não são rápidos como as redes sociais."

Dor compartilhada

"É fundamental que as crianças aprendam a elaborar as experiências. Por exemplo, diante de uma perda ou dificuldade, é necessário que tenham uma assimilação profunda do que houve e aprender com aquilo. Como ajudá-las nesse processo? Os pais precisam falar de suas lágrimas, suas dificuldades, seus fracassos. Em vez disso, pai e mãe deixam os filhos no tablet, no smartphone, e os colocam em escolas de tempo integral. Pais que só dão produtos para os seus filhos, mas são incapazes de transmitir sua história, transformam seres humanos em consumidores. É preciso sentar e conversar: 'Filho, eu também fracassei, também passei por dores, também fui rejeitado. Houve momentos em que chorei'. Quando os pais cruzam seu mundo com os dos filhos, formam-se arquivos saudáveis poderosos em sua mente, que eu chamo de janelas light: memórias capazes de levar crianças e adolescentes a trabalhar dores perdas e frustrações."

Intimidade

"Pais que não cruzam seu mundo com o dos filhos e só atuam como manuais de regras estão aptos a lidar com máquinas. É preciso criar uma intimidade real com os pequenos, uma empatia verdadeira. A família não pode só criticar comportamentos, apontar falhas. A emoção deve ser transmitida na relação. Os pais devem ser os melhores brinquedos dos seus filhos. A nutrição emocional é importante mesmo que não se tenha tempo, o tempo precisa ser qualitativo. Quinze minutos na semana podem valer por um ano. Pais têm que ser mestres da vida dos filhos. As escolas também precisam mudar. São muito cartesianas, ensinam raciocínio e pensamento lógico, mas se esquecem das habilidades sócio-emocionais."

Mais brincadeira, menos informação

"Criança tem que ter infância. Precisa brincar, e não ficar com uma agenda pré-estabelecida o tempo todo, com aulas variadas. É importante que criem brincadeiras, desenvolvendo a criatividade. Hoje, uma criança de sete anos tem mais informação do que um imperador romano. São informações desacompanhadas de conhecimento. Os pais podem e devem impor limites ao tempo que os filhos passam em frente às telas. Sugiro duas horas por dia. Se você não colocar limite, eles vão desenvolver uma emoção viciante, precisando de cada vez mais para sentir cada vez menos: vão deixar de refletir, se interiorizar, brincar e contemplar o belo."

Parabéns!

"Em vez de apontar falhas, os pais devem promover os acertos. Todos os dias, filhos e alunos têm pequenos acertos e atitudes inteligentes. Pais que só criticam e educadores que só constrangem provocam timidez, insegurança, dificuldade em empreender. Os educadores precisam ser carismáticos, promover os seus educandos. Assim, o filho e o aluno vão ter o prazer de receber o elogio. Isso não tem ocorrido. O ser humano tem apontado comportamentos errados e não promovido características saudáveis."

Conselho final para os pais

"Vejo pais que reclamam de tudo e de todos, não sabem ouvir não, não sabem trabalhar as perdas. São adultos, mas com idade emocional não desenvolvida. Para atuar como verdadeiros mestres, pai e mãe precisam estar equilibrados emocionalmente. Devem desligar o celular no fim de semana e ser pais. Muitos são viciados em smartphones, não conseguem se desconectar. Como vão ensinar os seus filhos e fazer pausas e contemplar a vida? Se os adultos têm o que eu chamo de síndrome do pensamento acelerado, que é viver sem conseguir aquietar e mente, como vão ajudar seus filhos a diminuírem a ansiedade?"

(Fonte: Site m.mdemulher.abril)

Mães, vamos refletir e orar sobre este tema tão atual em nossos dias e nas nossas famílias. Precisamos orar e agir com sabedoria a fim de promover em nosso filhos um crescimento saudável e feliz.

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos!
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”.

sexta-feira, 9 de março de 2018

DAS TREVAS PARA LUZ


“Este testemunho, que ora passo a escrever aconteceu em uma das escolas que leciono. 

Sou professora de Ensino Religioso do Estado do Rio de Janeiro. Dou aula em duas escolas em um dos maiores Complexos de favelas, aqui no Rio de Janeiro.

Estive numa reunião do DERE - Departamento de Ensino Religioso, realizado na OMEBE – Ordem dos Ministros Evangélicos no Brasil e no Exterior, quando ouvi a irmã falar sobre o Ministério de Mães Unidas em Oração, cuja base são as escolas de nossos filhos.

Bem, durante alguns meses, fiquei relutando para participar, e sentia o Espírito Santo me incomodando, e, depois de sete meses, tomei a iniciativa de enviar um e-mail para o Ministério pedindo maiores orientações de como fazer parte. Recebi todas as informações. Logo, fiz minha inscrição. Hoje tenho dois grupos de oração de Mães Unidas em Oração funcionando em minha casa.

Coloquei meus alunos das turmas onde leciono, na Rede Mundial de Oração. Pois a base são as escolas, pois é lá que tudo acontece!

Pude ver as fotos das Mães Unidas em Oração de Mirandópolis, SP e fiquei encantada...

Hoje sei o porquê do Ministério. Entendo o que é ser uma Mãe Unida em Oração. Entendo perfeitamente a preocupação e a missão de Fern Nichols com relação a seus filhos e os filhos de todas as demais Mães do Mundo (biológicas, adotantes ou as mães que tem seus filhos espirituais). As mães que pertencem a este Ministério extraordinário, são mães escolhidas por Deus, mães especiais, mães que amam seus filhos. Mães de Oração.

Durante minhas reuniões no grupo de oração de Mães Unidas em Oração pedia as minhas companheiras que orassem por mim e pelas minhas classes, escola, professores, diretora, funcionários.

Irmã Jane Esther, sou casada e tenho três filhas que são bênçãos na minha vida e na vida de meu esposo. São filhas que todas as mães gostariam de ter. Uma, tem 17 anos, outra 15 anos e a caçula com 9 anos. São meninas crentes, estudiosas, responsáveis com o trabalho de nossa Igreja, enfim, excelentes meninas. Devido a paz que vivo em meu lar, estava sendo uma prova muito difícil conviver com aquela classe em especial. A turma era maravilhosa, os alunos eram queridos. Uma classe de 34 alunos.

Dentre eles tinha um aluno que estava testando a minha paciência. Era filho de um dos líderes do tráfico de drogas no complexo. Ele debochava da direção, dos outros professores, de mim, xingava as demais crianças, intimidava algumas meninas, enfim, com 13 anos estava se achando. Todas as aulas, no momento em que eu entrava em classe e me deparava com aquele adolescente, as coisas ficavam complicadas. Durante quatro aulas, fui levando, tentando passar para eles valores morais e espirituais. Pedia a Deus que me ungisse para eu não cometer nenhuma atitude que depois pudesse me arrepender... Em nenhuma aula tinha tranquilidade. Estava muito difícil.

Teve um dia que ele me disse que não estava ali para ouvir aquelas besteiras, que o que ele gostava mesmo era de estar com os colegas, fumar baseado, e ficar com as “minas” (meninas).

Bem, um dos meninos menores e mais duas meninas, começaram a brigar com ele dizendo que se ele não quisesse assistir a aula que saísse. Ele deu um tapa no rosto de uma das adolescentes. Ele disse que estava ali era para zoar mesmo e que queria ver quem iria tirá-lo da sala. Bem, naquele momento, pedi que se retirasse da sala, e ele me disse que não sairia. Disse que eu não sabia com quem eu estava me metendo.

Bem, eu pedi licença por um momento a turma e fui até a direção, chamei um professor, que também já conhecia o adolescente, pegou pelo braço e juntos o levamos até a direção e explicamos o que tinha acontecido e o deixamos lá.



A diretora da escola já fazia parte do Grupo de Oração de Mães Unidas em Oração e já sabia de tudo que estava acontecendo. Aquela escola era adotada por nós e já está na Rede Mundial de Oração!

Na semana seguinte, após o início da aula, o pai daquele menino chegou com mais dois capangas, armados para nos intimidar. Ele veio até a frente e sentou em uma carteira que estava vazia, perto do filho, que não parava de debochar. Os dois capangas ficaram nos fundos da classe.

Naquele momento, irmã Jane Esther, eu clamei ao Senhor Jesus que colocasse em minha boca as palavras certas. Minhas pernas ficaram duras, mas, minha boca, não. O pai daquele adolescente disse que queria saber o que eu estava ensinando para o filho dele. Durante os minutos seguintes, falei sobre respeito e amor ao próximo, sobre valores morais e espirituais. Que eles tinham um futuro de vitórias. Que eles tinham muitas oportunidades pela frente, que deveria lutar por elas. Conquistar um espaço na sociedade de forma digna. Terminar o colégio. Não me recordo de tudo que falei, apenas sei que Deus me usou durante todo o período de aula. A turma ficou em total silencio.

Assim que terminei o período de aula, ele se levantou e me perguntou: - É isso que a senhora ensina para o meu filho?

- Sim, disse eu. É isso que eu, como professora de Ensino Religiosa passo para os meus alunos. Seu filho tem desrespeitado todas as aulas.

No mesmo momento, aquele homem pegou o filho pelos cabelos e disse: - Se eu souber que você está criando qualquer problema com esta professora ou outra pessoa desta escola, você vai se ver comigo, entendeu? Entendeu?

O menino sacudiu a cabeça que sim! O pai continuou: “- Eu nunca tive ninguém para me ajudar e passar para mim tudo isso que a sua professora está passando para você. Por isso me tornei um traficante, mas não quero que você entre pelo mesmo caminho.

O homem me agradeceu, pediu licença e saiu com os dois capangas. Aquele menino ficou com a cabeça baixa.

Durante todo o ano fui trabalhando na vida dele e pedindo ao nosso grupo que orasse por ele. Mostrava que se ele continuasse naquela vida acabaria morto, etc..

Bem, ele parou de fumar baseado e tomou noção dos verdadeiros valores que norteiam nossa vida.

Um mês antes de terminar o ano letivo, o pai dele foi morto por outro traficante. Uma tristeza...

Ele, meu aluno, foi resgatado do mundo do crime para Jesus Cristo, é aluno da EBD, aprendeu a tocar bateria para participar da equipe de louvor, participa da Equipe “Adolescentes para Cristo”, enfim, saiu "Das Trevas para Luz".

Como a irmã sempre fala: A FÉ vê o invisível. A FÉ crê no incrível. A FÉ recebe o impossível!

A Deus Toda Honra e Toda Glória!

Ana Maria C. F. 
(Mãe Unida em Oração - Rio de Janeiro, RJ) 
(Este testemunho foi publicado com autorização. Os nomes são omitidos para preservar o sigilo dos filhos.)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 
Todo filho precisa de uma mãe que ora. 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

www.momsinprayer.org 
www.maesunidasemoracao.org 
contato@maesunidasemoracao.org 
www.facebook.com/maesunidasemoracaobrasil 
www.instagram.com/maesunidasemoracaobrasil 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html
Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

OLHOS DESVENDADOS. VIDA MUDADA!


"Fui criada na Igreja Presbiteriana em Aracaju, SE. Participava das atividades da igreja e ajudava no que fosse necessário, mas nunca fui uma pessoa comprometida com Jesus Cristo.

Quando conheci meu esposo, um jovem temente a Deus, eu estava com 19 anos. Logo depois nos casamos. Eu vivia para os estudos e trabalho. Fiz engenharia agronômica durante seis anos. Depois, mestrado durante dois anos e, por fim, fiz o doutorado. Temos uma filha de 15 anos e um filho de 12 anos.

Até o dia do incidente narrado mais abaixo, eu dava aulas e gostava de estar na universidade o tempo tudo. Quando chegava em casa passava a maior parte no computador, preparando meus trabalhos e atividades docentes. Meu esposo, fiel companheiro, sempre me alertava a respeito do meu descaso com meus filhos e com a Igreja. Estava colocando a minha carreira em primeiro lugar. Meus filhos foram sendo criados dentro de um padrão de classe média alta. Tinham tudo que queriam. Por não ter tempo, tudo o que eles pediam eu dava.

Um dia, minha filha chegou de um encontro jovem da Igreja. Eu percebi que ela estava muito abatida, pálida. Cheguei perto dela e perguntei se ela estava sentindo alguma coisa. Ela disse que era para eu não me preocupar, que estava bem. Disse que eu nunca me preocupei com ela e que, agora, não deveria ser diferente.

Sabe, irmã Jane Esther, eu não parava para conversar com meus filhos. Esta tarefa, quase sempre, era de meu esposo ou da empregada. Meu relacionamento com eles era importante, mas o trabalho era prioritário e consumia muito meu tempo. Naquele dia, foi diferente. Meu coração apertou.

Na hora do jantar, minha filha não desceu. Fui ao seu quarto e ela estava desmaiada. Imediatamente, meu esposo e eu fomos para o hospital. Lá foram feitos alguns exames e foi diagnosticado um coágulo em seu cérebro, devido a algum trauma que ela havia sofrido. Minha rotina mudou. Numa fração de segundo, a vida de minha filha estava por um fio. Ela entrou em coma. Os médicos estavam fazendo de tudo para salvá-la, fazendo o que podia para não deixar nenhuma sequela. Minha vida mudou completamente!

Em minha igreja tinha um grupo de oração de “Mães Unidas em Oração” que fora implantado pelas irmãs da igreja Metodista. Muitas vezes fui convida a participar, mas não queria assumir responsabilidade. Não tinha tempo!


Olha irmã Jane, procurei a Líder do Grupo, que já sabia o que estava acontecendo com minha filha e começamos uma batalha de oração pela vida dela. Durante o tempo que ficou hospitalizada, busquei o Autor da Minha Fé - Jesus Cristo – Aquele, com Quem eu não estava comprometida. Ele me sustentou, me deu paz e, depois de algumas semanas, minha filha foi operada. Hoje Ela está bem e não teve nenhuma sequela.

Participo do Ministério de Mães Unidas em Oração há dois anos. Hoje eu posso dizer que eu “Creio no Poder da Oração!”

Hoje, não abro mão de Jesus Cristo, da minha família e da minha igreja. Elas são as minhas prioridades. Tudo mais vem depois.

Maria Eduarda Gomes Albuquerque
Aracaju, SE
(Este testemunho foi publicado com autorização expressa da mãe. Os nomes são omitidos para preservar o sigilo dos filhos.)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.

Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org
www.facebook.com/maesunidasemoracaobrasil
www.instagram.com/maesunidasemoracaobrasil



IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html 
Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

CALENDÁRIO NACIONAL DE ORAÇÃO - BRASIL - MÊS DE MARÇO DE 2018

É maravilhoso fazer parte de Moms In Prayer International / Mães Unidas em Oração no Brasil e conhecer o extraordinário Programa de Oração Mundial em PGOs - Pequenos Grupos de Oração, que Deus deu a uma mãe: Fern Nichols, em 1984, no Canadá, e que já está em mais de 150 países... 
Um Ministério que durante anos tem sido referência na vida de milhões de mães ao redor do mundo!

Louvamos a Deus por mais um mês de oração pela vida de nossos filhos e escolas...

Agradecemos a vocês Mães Unidas em Oração que enviam seus pedidos e, através deles podemos elaborar o Calendário Nacional de Oração que tem norteado cada mãe no seu momento "A Sós com Deus"!

O Calendário Nacional de Oração conta com a colaboração da irmã Sirlei Mendonça Campos, Líder de PGO - Pequeno Grupo de Oração em Niterói, RJ, Coordenadora de Mães Unidas em Oração no Estado do Rio de Janeiro, RJ e Titular da equipe de treinamento...

No Momento "A SÓS COM DEUS", a Mãe Unida em Oração escolhe a hora mais apropriada, diariamente, e ora de 3 a 7 minutos por um dos filhos (biológico, adotivo ou espiritual), pela escola e pelo pedido do dia que está no Calendário Nacional de Oração, enviado para todas as Mães que pertencem ao Ministério, em PDF. O Calendário não substitui o encontro semanal dos Grupos de Mães Unidas em Oração.

Se a irmã pertence ao Ministério Internacional e não recebeu o seu Calendário Nacional de Oração é só nos enviar um e-mail: contato@maesunidasemoracao.org

Mãe Unida em Oração é apenas instrumento nas mãos de Deus. Quem é digno de toda honra e de toda Glória é o Senhor Jesus Cristo! É Ele quem guerreia "com" e "através" de nós! (Efésios 6: 10-20).

Somos apenas servas!

Se ainda não faz parte...

O primeiro passo para fazer parte do Ministério Moms In Prayer International / Mães Unidas em Oração no Brasil é sentir o toque do Espírito Santo para participar.

Em seguida, faça sua inscrição como Mãe (biológica, adotante ou espiritual) colocando seu(s) filho(s) e a escola adotada em oração na Rede Mundial de Oração.

É só fazer a inscrição para receber todas as informações necessárias através do link:
http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html

Tão logo encontre outra mãe que também tenha sido tocada pelo Espírito Santo comece seu PGO - Pequeno Grupo de Oração...

Foi assim que começou com Fern Nichols em 1984, no Canadá. Ela levou seu filho para escola e viu que ele estava mudando de comportamento. Começou a orar e pediu a Deus outra mãe que estivesse passando pela mesma situação. Assim começou Moms In Prayer International e, hoje, estamos em 153 países! Mistério Insondável de Deus! 

Lembre-se que Mães Unidas em Oração é um Ministério de mãe com mãe..


Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?

www.momsinprayer.org
www.maesunidasemoracao.org
contato@maesunidasemoracao.org
www.facebook.com/maesunidasemoracaobrasil
www.instagram.com/maesunidasemoracaobrasil

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)


IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque "xxxx".

domingo, 25 de fevereiro de 2018

É TEMPO DE ORAÇÃO


Estamos vivendo tempos difíceis, em nossa nação, na economia, na política, nas igrejas, nas famílias.

Uma das expressões mais usadas hoje em dia, e que por isto mesmo já se tornou um refrão em todas as nossas conversações é:


EU NÃO TENHO TEMPO!

Algumas mães dizem que não tem tempo para orar...
Sim, realmente todas nós estamos ocupadas.
A vida hoje, com suas exigências requer muito de nós.


É um nunca acabar de dar-se...
De fazer...
De realizar...
e empreender...

HÁ TANTA COISA PARA FAZER... , mas não há tempo.

Há angústias reprimidas...
Remorsos...
Sentimentos de culpas pelo que deveria ser feito, mas...

NÃO HOUVE TEMPO!

Ah!... quanta palavra de amor e de apreciação que deveria ter sido dita.
Mas... NÃO HOUVE TEMPO.

A carta que esperava uma resposta...

Mas... NÃO HOUVE TEMPO.

A conversa com o que precisava de compreensão...

Mas... NÃO HOUVE TEMPO.

A visita ao doente, preso e necessitado...

Mas... NÃO HOUVE TEMPO!

Parar para ouvir o desabafo de um coração triste e sofredor...

Mas... NÃO HOUVE TEMPO.

O olhar que identifica e reconhece que você não é apenas mais um na multidão...

NÃO TENHO TEMPO!

Como numa incoerência o sábio de Deus diz:

HÁ TEMPO PARA TUDO!...

Aí está o segredo: - Tudo tem o seu tempo determinado.
E há tempo para tudo debaixo do céu.
Há tempo para fazer tudo!
Só não há tempo para não se fazer nada.
Só não há tempo para ... CRUZAR OS BRAÇOS.


Precisamos gastar o nosso tempo com o que é essencial, com o que faz a diferença, porque aqui somos apenas peregrinas, mais cedo ou mais tarde voltaremos para casa, e é importante que tenhamos vivido a vida abundante que Deus preparou para nós.

Amando a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos, orando umas pelas outras , sorrindo com os que sorriem, chorando com os que choram....

Milhares e milhares de mães separam um hora para buscar a presença do Pai por seus filhos e escolas.

É você? É tempo de oração!

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos. 

Todo filho precisa de uma mãe que ora. 

Você já orou pelo seu filho hoje? 



www.maesunidasemoracao.org

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.


ORAÇÃO DE CONCORDÂNCIA



1. O que é uma conversação?

Na conversação, conhecemos melhor a outra pessoa. A boa conversação implica em alternância de fala. Se apenas uma pessoa fala, é um monólogo e, não, um diálogo.Numa boa conversação, todos se concentram sobre o mesmo assunto.

2. O que é concordar em oração? 
Oração de concordância é a oração dirigida pelo Espírito Santo. O Espírito Santo dentro de nós, se move em nossos corações, inicia nossos pedidos e nos ensina como orar. Portanto, o foco está em Deus. Não na aprovação ou desaprovação dos outros.

3. Uma oração de concordância se concentra num ó assunto, um só tema de cada vez.
Se determinada mãe começa a orar sobre um assunto específico, as outras mães precisam estar bem concentradas naquele pedido que ela fez. As outras mães precisam “ouvir” o coração dela. Então, quando ela terminar de orar, outras mães poderão se sentir livres para, também, orar sobre o mesmo assunto. Qualquer mãe pode orar mais de uma vez sobre o mesmo assunto, se o Espírito Santo assim a dirigir. Depois que aquele assunto específico tiver sido vencido, o Espírito Santo vai motivar outra mãe a orar por um novo tema.

4. A oração de concordância é breve, honesta e direta ao ponto.
A oração deve feita em poucas frases. 
Lembre-se! Na boa conversação devemos permitir que outras pessoas tenham chance de se expressarem também. Não é necessário obedecer rigidamente a ordem de arrumação do grupo de pessoas que estão orando.

5. Oração de concordância é feita em linguagem coloquial, simples.
Dirija-se ao Senhor com a simplicidade de uma criança conversando com seu pai. Quanto mais natural a oração, mais Deus se fará pessoal para você.

6. Por que orar em conjunto? Deus promete que estará com você.
“Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” (Mt 18.20) (RC)

7. Fardos compartilhados se tornam mais leves.
“Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo.” (Gl 6.2) (RC)

8. Quando há acordo sobre o que pedir a Deus, não há margem para dúvida ou hesitação.
“Ainda vos digo mais que se dois de vós sobre a terra concordarem em pedir alguma coisa, ser-lhes-á feita por meu Pai que está nos céus.” (Mt 18.19) (TB)

9. Quando oramos com outras mães, a confiança mútua se desenvolve e nós nos tornamos mais transparentes em nossas orações
O orar em grupo irá promoverá a mútua edificação na fé.
“Portanto, animem e ajudem uns aos outros, como vocês têm feito até agora.” (I Ts 5.11) (NTLH)

10. Tornamo-nos mais ousadas em nossos pedidos.
“Cheguemo-nos, portanto, com confiança ao trono da graça, para que recebamos misericórdia e achemos graça, a fim de sermos socorridos em tempo oportuno.” (Hb 4.16) (TB)

11. "Estar unida e em em unidade na concordância produzirá um exército forte como uma corda; um exército que não pode ser desfeito, nem dividido em sua determinação de vencer o diabo. Essa mesma unidade construirá um muro que fará frente ao trabalho do diabo.”
“É melhor haver dois do que um, porque duas pessoas trabalhando juntas podem ganhar muito mais. Se uma delas cai, a outra a ajuda a se levantar. Mas, se alguém está sozinho e cai, fica em má situação porque não tem ninguém que o ajude a se levantar. Se faz frio, dois podem dormir juntos e se esquentar; mas um sozinho, como é que vai se esquentar? Dois homens podem resistir a um ataque que derrotaria um deles se estivesse sozinho. Uma corda de três cordões é difícil de arrebentar.” (Ec 4.9-12 (NTLH)

Cremos no poder da oração! A nossa arma é a oração!

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)



IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”

DEZ ELOGIOS QUE SEUS FILHOS PRECISAM OUVIR

Nossos filhos precisam ouvir palavras de afirmação de nós a cada dia. Às vezes, é fácil esquecer que nossos filhos têm as mesmas necessidades profundas e emocionais que nós. Mas quando paramos nossas tarefas para elogiá-los de maneira sincera, isso aumenta a sua autoestima e a qualidade de nosso relacionamento com eles. Se você está querendo ter uma conexão mais profunda com seus filhos, pense em como você pode adaptar um desses 10 elogios especialmente para eles.

1. Adoro ver você jogar/fazer isso

Você cai na armadilha de apenas parabenizar seu filho quando ele é bem-sucedido em alguma coisa? Em vez disso, tente elogiar os seus esforços, seja no campo de futebol, na sala de aula ou ajudando em casa. Ensine a seu filho que é o esforço, mas nem sempre o resultado, que importa. Esse é o caminho mais rápido para construir uma autoestima saudável.

2. Estou tão feliz por você ter escolhido passar um tempo comigo hoje
Se não fizermos esforços para nos aproximar de nossos filhos, eles vão correr na direção oposta. Quando a criança escolhe passar um tempo com o querido e velho pai, elogie seu uso do tempo. Faça com que ela saiba que você aprecia o seu esforço para se aproximar.

3. Você fez um ótimo trabalho fazendo isso sozinho.
Às vezes, as tentativas de independência de nossos filhos não dão muito certo, mas isso não significa que devemos repreendê-los. Toda vez que seu filho tentar ser independente, reconheça e recompense seus esforços.

4. Eu gosto de seus amigos
Conforme nossos filhos ficam mais velhos, vamos perdendo influência na questão amigos. Quando seu filho trouxer para casa amigos que você aprova, diga isso a ele. Apesar das evidências mostrarem o contrário, ele quer sua aprovação. Ele vai ouvir sua opinião sobre seus amigos quando for apresentada de uma forma positiva.

5. Você está muito bonito hoje
Um dos melhores presentes que podemos dar aos nossos filhos é uma maneira saudável de ver a aparência. Quando você elogia uma característica que a criança não pode mudar, como a cor dos olhos ou a composição corporal, isso envia a mensagem de que a beleza é algo que você tem ou não. Em vez disso, elogie o penteado apropriado, a escolha de roupas apropriadas e um sorriso vencedor; todas as coisas que seu filho pode controlar.

6. Obrigada pela sua atitude hoje
Mais cedo ou mais tarde, temos que fazer coisas que não queremos fazer. Deixe para o seu filho a mensagem de que a atitude conta, mesmo quando você se encontra em uma situação ruim.

7. Que legal que você aprendeu isso

A infância e a adolescência têm vários marcos. Não os deixe passar despercebidos. Quando seu filho dominar um conceito matemático difícil ou trouxer para casa uma licença provisória para dirigir, faça o seu entusiasmo corresponder a alegria de seu filho. Compartilhe seus triunfos.

8. Você me inspira
Às vezes, as crianças sentem como se estivessem abaixo de seus pais. Embora os pais mereçam muito respeito, os filhos precisam saber que eles abençoam a sua vida, tanto quanto você abençoa a deles. Diga-lhes o quanto você aprecia sua criatividade e energia e como o exemplo deles influencia você positivamente.

9. Você é um ótimo irmão ou uma ótima irmã

Relacionamentos entre irmãos podem causar alguns dramas, então elogie seus filhos quando eles se esforçarem para fazer as pazes. Quando seu filho não continua com uma discussão, ele merece reconhecimento, tanto para o seu próprio bem quanto para inspirar as outras crianças na casa.

10. Sou tão grata(o) por você ser parte da nossa família

Dias ruins vêm e vão. Os filhos crescem e mudam, mas seu filho precisa sentir-se seguro em seu lugar na família. Conforme ele vai para a escola, ganha independência, e eventualmente sai de casa, ele precisa saber que ele sempre terá um lugar especial em seu coração e na unidade familiar.

(Fonte: Familia.net)

Mães, orem e tomem atitudes diárias que venham fortalecer o seu relacionamento com seus filhos. Não permita que eles se isolem... aproxime-se, aproveite essas dicas.

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos 

Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org




(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”

SERÁ QUE ABANDONEI MEU FILHO?



Viemos de um tempo em que abandonar filhos era deixá-los na maternidade, na porta dos outros, na praça e até na lata de lixo. Mas ao refletirmos sobre o relacionamento entre pais e filhos atualmente verificamos muitas outras formas de abandono.

Antigamente uma das maneiras dos pais disciplinarem seus filhos era os mandando para o quarto a fim de que pensassem em seus atos, permanecem ali "conectados" com as regras num aprendizado quase que forçado do que é certo, errado, quem manda, quem obedece, quem pede desculpas e quem perdoa. Quando o quarto representava nessas ocasiões uma prisão.

Hoje deixá-los no quarto é abrir a porta para a liberdade, é deixá-los conectados com o mundo, com outras regras, com as não regras via TV, telefone, Internet porque os quartos de hoje costumam oferecer muito mais do que a sala. Oferecem a possibilidade de uma outra sala (virtual), quase que uma outra família, onde o bate-papo se faz sem cobranças, sem censuras, sem limitações, com aceitação.

A era da informatização, facilitada pelo mundo moderno, faz com que o abandono tome forma, corpo e força. E é impressionante como isso reflete lá na frente, quando vemos mães com dificuldade em despedir seus filhos para a profissão, para o casamento, enfim, para a vida; querendo resgatar um tempo perdido, um abraço que não foi dado, um cuidado não dispensado.

Enquanto os pais estão "desconectados" diante da TV ligada, sem se ligarem na enorme distância existente entre o mundo deles e de seus filhos, eles (seus filhos) estão encontrando aconchego, conselhos, cumplicidade, fazendo compras, se atualizando, rindo, chorando, brigando, fazendo as pazes, amando, enfim, tendo suas necessidades supridas através do simples toque do teclado. Então, para que o toque, o cheiro, o abraço?

Essa distância ofusca a hierarquia familiar, pois os pais abandonam o lugar de pai, de mãe, de quem educa, de quem repreende, de quem ama. E culpados, quer seja pelo trabalho, estudos, outros compromissos ou até mesmo pela dificuldade de assumir seus papéis de pais, tornam-se cada vez mais permissivos; abrem mão de seus lugares e com isso sugerem aos filhos o abandono do seu lugar de filhos também. Que sem proteção, sem saber o que fazer, o caminho a seguir fazem besteiras, quebram a cara, sofrem, ficam despedaçados, morrem!

Muitos pais não querem ver, mas dentro de casa seus filhos estão agindo como mortos-vivos, sem viço, vigor, alegria. (É só olhar em seus olhos quando chegam em casa ao amanhecer depois de passarem a noite fora. Sabe-se lá onde ou com quem). Refugiam-se no quarto. No lar doce lar! Ou será amargo? Só os pais não vêem. Não querem ver que perderam seus filhos. Perderam ou deixaram ir? Deixaram ir ou abandonaram?

"Estou perdido sem pai nem mãe (...) Estou pedindo só um pouquinho de proteção ao maior abandonado (...)" - trecho de uma música cantada por muitos.

Está na hora dos pais viverem a conversão. A conversão de seus corações aos filhos. "E converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos a seus pais; para que eu não venha, e fira a terra com maldição" (Malaquias 4. 6). Está na hora de encontrar a conversa prazerosa, o jeito de se comunicar nesta era tão louca, tão rápida, tão moderna, sabendo fazer um link entre a sua história e a história de seus filhos, lembrando-se de que telegrama agora é e-mail, que VHS é DVD, que datilografar é digitar, que não é naum, e você é vc, mas que pai é pai, mãe é mãe, e filho é filho em todo tempo, pois nesse tipo de relacionamento não existe "ex" – seu filho nunca deixará de ser seu filho.

Este é o tempo de ficar no portão, como o pai do filho pródigo, abrir os braços, e dizer ao seu filho que está feliz com o retorno dele; se alegrar com a presença dele; amá-lo além das palavras, com atos e em verdade. (Ler João 3.18).

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora.
Você já orou pelo seu filho hoje?




contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)
IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

DA MORTE PARA VIDA!

"Tenho três filhos. Meu filho caçula era um menino dócil, educado, assíduo nos trabalhos da igreja. Fazia parte da equipe de esportes, de louvor. Enfim, um filho que toda mãe gostaria de ter.

Meu esposo foi promovido na empresa e precisamos mudar de cidade. Tivemos que mudar nossas visas... Meu filho caçula, com 16 anos sentiu muito a mudança, principalmente no que se refere a igreja e os colegas. Ele fui cursar o último ano do Ensino Médio em um colégio, totalmente diferente do anterior. Lá, ele fez amizades com colegas errados e começou a mudança drástica em sua.. Foi a destruição de meu filho.

Em pouco tempo começou a usar drogas. Primeiro, veio a maconha e depois se tornou usuário de cocaína. Era uma luta. Tinha vezes que ficava a semana toda sumido... Um calvário!

Fizemos de tudo para ele se recuperar, mas não adiantava... Um dia, ouvi uma irmã falar com fé sobre o Poder da Oração. Do Deus que liberta, que cura, que transforma. Era o Programa REENCONTRO. Quem falava era a irmã Jane Esther.

Fiz minha inscrição online e recebi todas as informações. Pedi a Deus outra mãe e comecei meu grupo de oração, cuja finalidade principal era meu filho...

Durante 1 ano e 15 dias, clamei a Deus pelas vida de meu filho, para que ele fosse resgatado.. Eu orava pelos outros dois filhos, mas o meu caçula precisava urgentemente de libertação.

Meu PGO – Pequeno Grupo de Oração foi crescendo e tivemos que dividir em três...

Não deixava de orar todos os dias, a Sós com Deus, seguindo a orientação do Calendário Nacional de Oração e, uma vez por semana, clamava ao Senhor que libertasse meu filho... Chorava diante do Senhor. Seguia os Quatro Passos Para Oração, diariamente.

Um dia meu filho, muito magro, abatido, olhar perdido, chegou para mim e disse: "Mãe, não quero mais esta vida. Por favor, me ajude...."

Deus entrou com providências... Meu filho foi liberto! Meu filho voltou para nós! Sim, meu filho está livre das garras da destruição! Amém!

Mãe, nem pense em abandonar seu filho! Ele precisa de você!"

Valéria C. M. Soares 

Mãe Unida em Oração, São Paulo, SP

(Testemunho usado com permissão da mãe. 

Os nomes não foram citados a pedido da mãe)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos.
Todo filho precisa de uma mãe que ora
Você já orou pelo seu filho hoje?

contato@maesunidasemoracao.org

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias)

IMPORTANTE
: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”.

VOCÊ JÁ BRINCOU COM O SEU FILHO HOJE?

Brincar com o seu filho é importante, reserve uns minutos hoje para estar com o seu filho! 

Experiências positivas com sentimentos agradáveis podem servir de suporte para futuros momentos de conflito, pois ao brincar com o seu filho pode ajudá-lo a resolver problemas, a experimentar novas ideias, a explorar a imaginação. Brincar com adultos estimula a aquisição de vocabulário para que as crianças aprendam a comunicar os seus pensamentos, sentimentos e necessidades.

Deixe-se guiar pelo seu filho

Quando brincar com o seu filho, deixe-se guiar pela imaginação e idéias dele e evite organizar ou estruturar as atividades com ordens ou instruções. O brincar é um espaço de liberdade, não há um brincar certo ou errado. Não tente ensinar-lhe nada, simplesmente observe e acompanhe, imite-o e faça o que lhe pede para fazer. Esta abordagem vai estimular o desenvolvimento das capacidades do seu filho para brincar e pensar de forma independente.

O ritmo da brincadeira deve ser adequado ao seu filho
Quando os filhos pequenos brincam tendem a repetir a mesma atividade vezes sem conta. As brincadeiras repetitivas, como encher e esvaziar uma caixa vezes sem conta, aborrece rapidamente a maior parte das mães e é tentador acelerar o ritmo, propondo uma idéia nova ou outra forma de utilizar o brinquedo. Mas os filhos precisam de ensaiar e praticar uma determinada tarefa para sentirem que a dominam e para se sentirem confiantes. Um ritmo pausado vai contribuir para incrementar a capacidade de atenção do seu filho e incentivá-lo a concentrar-se numa mesma atividade durante um período de tempo.

Adeque as brincadeiras à idade e etapa do desenvolvimento do seu filho


Se quiser fazer um puzzle não escolha esse jogo se o seu filho tiver 3 anos pois ela vai resistir e evitar essa brincadeira porque não a percebe e não é estimulante para ela. Preste atenção aos sinais que seu filho vai dando. Proponha novas brincadeiras ciclicamente e repare se o seu filho já se sente mais motivado para brincar.

Elogie e encoraje as idéias e a criatividade da criança

Evite corrigir o seu filho quando ele está a brincar, uma vez que esse tipo de crítica vai desencorajá-lo de explorar as suas idéias ou experimentar novas formas de usar os brinquedos. Não julgue, corrija ou contradiga o seu filho quando brinca com ele. As brincadeiras das crianças não têm de fazer sentido aos olhos das mães. Elogie as idéias, o raciocínio e o comportamento de seu filho. Reforce as competências dela, como a capacidade de concentração, a persistência, a capacidade de resolução de problemas, criatividade.

Ensine o seu filho a brincar com outras crianças

Brincar com os irmãos ou amigos é uma excelente ocasião para desenvolver algumas competências sociais de seu filho, como saber partilhar, saber esperar, usar à vez, ajudarem-se uns aos outros, agradecer, pedir antes de tirar o brinquedo ao amigo.

Encoraje o seu filho a resolver os problemas sozinho


Por vezes, ao tentar ajudar, as mães acabam por tornam mais difícil que seu filho aprenda a resolver problemas e a brincar autonomamente. Dar ajuda em demasia ou assumir a realização de uma atividade diminui a confiança de seu filho nas suas capacidades e a sua auto-estima, promovendo a dependência dos adultos.

Estimule o desenvolvimento emocional do seu filho através do “faz de conta”

É importante estimular o “faz de conta” (gatinhar no chão a imitar um comboio, por exemplo) porque consolida os mundos imaginários de seu filho, o seu pensamento criativo e narrativo, ajuda-a a gerir as emoções e a partilhar sentimentos, desenvolve competência cognitivas, emocionais, sociais e espirituais. Permita que as caixas e as cadeiras sejam transformadas em casas, em escolas, em palácios e as bonecas em amigos, alunos. A fantasia ajuda seu filho a pensar simbolicamente e a distinguir o que é real e o que não é.

Dê atenção à seu filho enquanto ela brinca


Quando seu filho está sossegado a brincar, a maioria das mães aproveita esse tempo para tratar das suas coisas (fazer o jantar, ler, escrever um email). A verdade é que se seu filho não recebe atenção positiva quando se porta bem, vai fazer os possíveis para atrair a atenção negativa, portando-se mal. Este é o princípio básico na origem de muitos problemas de comportamento. Se der atenção à seu filho enquanto ele brinca, ele sentirá menos necessidade de chamar a atenção e sente-se mais segura.

Você já brincou com o seu filho hoje?
Sigamos em frente com fé, coragem e perseverança!
Mães Unidas em Oração, filhos protegidos 
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org 

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher coloque ”xxxx”

EU SEI EM QUEM TENHO CRIDO!

"Tenho quatro filhos: Guilherme,12 anos; Arthur 15; Rodrigo 17 e Matheus 19. Meu filho Rodrigo era um menino dócil, educado, assíduo nos trabalhos da igreja. Fazia parte da equipe de esportes, de louvor. Enfim, um filho que toda mãe gostaria de ter.

Meu esposo foi promovido na empresa e precisamos mudar de cidade. Tivemos que mudar nossas visas...

Meu filho Rodrigo, com 17 anos sentiu muito a mudança, principalmente no que se refere a igreja e os colegas. Ele fui cursar o último ano do Ensino Médio em um colégio, totalmente diferente do anterior. Lá, ele fez amizades com colegas errados e começou a mudança drástica em sua... Foi a destruição de meu filho.

Em pouco tempo começou a usar drogas. Primeiro, veio a maconha e depois se tornou usuário de cocaína e depois o crack. Era uma luta. Largou escola, igreja... Tinha vezes que ficava a semana toda sumido... Um calvário!

Internamos ele algumas vezes, fizemos de tudo para ele se recuperar, mas não adiantava...

Um dia, ouvi uma irmã falar com fé sobre o Poder da Oração. Do Deus que liberta, que cura, que transforma. Era o Programa REENCONTRO. Quem falava era a irmã Jane Esther.

Fiz minha inscrição online e recebi todas as informações. Pedi a Deus outra mãe e comecei meu grupo de oração, cuja finalidade principal era meu filho...

Durante 1 ano e 15 dias, clamei a Deus pelas vida de meu filho, para que ele fosse resgatado.. Eu também orava pelos outros três filhos, mas o meu filho Rodrigo precisava urgentemente de libertação.

Mesmo passando por um dos piores momentos da minha vida, não deixava que nada interferisse no meu momento de oração a Sós com Deus, todos os dias e também no encontro com as demais mães do meu Pequeno Grupo de Oração que foi crescendo e acabamos tendo que dividir em dois... Com o tempo fui vendo que outras mães também precisavam de libertação de seus filhos.

Eu clamava Senhor que libertasse meu filho... Chorava diante do Senhor. Seguia os Quatro Passos Para Oração, diariamente. Eu sabia que meu filho sairia das drogas.

Um dia meu filho, muito magro, abatido, olhar perdido, chegou para mim e disse: "Mãe, não quero mais esta vida. Por favor, me ajude...."

Foi a primeira vez que ele pediu ajuda de maneira sincera. Ele tomou a decisão de deixar aquela vida e Deus entrou com providências...

Meu filho foi liberto! Meu filho voltou para nós! Sim, meu filho está livre das garras da destruição! Amém!

Mãe, nem pense em abandonar seu filho! Ele precisa de você!"

Teresa C. M. Sant'Ana
Mãe Unida em Oração, São Paulo, SP
(Testemunho usado com permissão da mãe)

Mães Unidas em Oração, filhos protegidos 
Todo filho precisa de uma mãe que ora 
Você já orou pelo seu filho hoje? 

contato@maesunidasemoracao.org 

(Editora do Blog: Cláudia Regina Farias) 

IMPORTANTE: Para fazer parte do Ministério e receber todas as informações, é só fazer sua inscrição online em nosso link: http://maesunidasemoracao.org/inscricaonline.html Não deixe nenhum espaço em branco. Caso não tenha como preencher um espaço, coloque ”xxxx”